Concursos Públicos

Lutando pela vaga…

[ad_1]

Sou Auditor-­Fiscal da Receita Federal, nasci e moro em Santo André, divorciado, pai de dois filhos. Sou formado em Matemática pelo Centro Universitário Fundação Santo André.

Antes de ingressar no serviço público, trabalhei na área de
Tecnologia da Informação. Essa experiência tem me ajudado a elaborar
planejamento de estudos e a analisar a evolução e o desempenho dos alunos em
sua preparação.

Na Receita Federal, trabalho na fiscalização de tributos internos, sobretudo o imposto de renda das empresas e das pessoas físicas. Também sou instrutor de diversos treinamentos de auditoria fiscal. Há vários anos, sou professor da disciplina Fiscalização para os recém-nomeados auditores-fiscais e analistas-tributários, no curso de formação da ESAF (Escola Superior de Administração Fazendária).

Ainda no campo profissional, participei da especificação, dos testes e da homologação de diversos módulos do SPED (Sistema Público de Escrituração Digital), atuando também em sua disseminação através de palestras para associações de contadores, universidades, e entrevista de TV para o CRC-SP (Conselho Regional de Contabilidade).

Quando decidi prestar concurso público, eu estava com quase
30 anos de idade, trabalhava na iniciativa privada, minha ex-esposa estava grávida
de nosso primeiro filho. Tinha então que conciliar as obrigações do trabalho,
com estudos, com atenção à família, amigos.

Sobrava-me o período da noite e os fins de semana para estudar. E foi assim que fiz. Estudava no meu tempo livre, com foco e determinação. No trabalho, saía para almoçar sozinho, escolhia uma mesa mais afastada, e após me alimentar, pedia um café e abria a Constituição Federal, ou o CTN. Li diversas vezes a Constituição…

No fim de semana, trancava-me no quarto, e estudava. Horas e horas estudando. Não tem como ser diferente. Conheço algumas pessoas que até passaram com menos de um ano de estudos, mas esse não foi o meu caso, foram várias tentativas até conseguir passar. E creio que o ponto é exatamente esse: estudar até passar.

Eu cheguei a desistir após o resultado de uma prova. Mas, aprendi na marra que a preparação para a aprovação requer disciplina, planejamento, estratégia, empenho, dedicação, persistência, e perseverança.

E foi assim até que o meu dia chegou. Fiz em um fim de semana as três provas do concurso. Saí com a sensação de que tinha feito uma boa prova, estava no páreo. Restava aguardar sair o resultado final, com o grau de ansiedade lá em cima. E quando saiu, o meu nome estava na lista de aprovados, um dos momentos mais felizes da minha vida. Indescritível!

Hoje, afirmo que a emoção de ver o nome de um aluno na lista de aprovados é da mesma forma tão indescritível quanto foi ver o meu: muita alegria!

Por isso, como coach, o meu comprometimento é para que o aluno que está se preparando para esta árdua batalha esteja capacitado e em condições de lutar pela sua vaga.

Um abraço!

Renato S. Thiago

Coach do Estratégia Concursos

Siga-me no instagram: @renato_sthiago



[ad_2]

Source link

Back to list