Concursos Públicos

Não sacou o PIS/PASEP retroativo? Saiba como receber até R$ 1.760

[ad_1]

Atenção, trabalhadores! O governo liberou o pagamento das cotas retroativas do fundo PIS/PASEP. O valor está disponível para aqueles que tiveram dinheiro depositado pelo empregador entre os anos de 1971 e 1988 e não fizeram a retirada do saldo total anteriormente.

O valor médio de saque é de R$ 1.760, o que depende de quanto o trabalhador tem depositado. De acordo com o governo, o dinheiro está disponível para 10,4 milhões de brasileiros. Veja como sacar o retroativo das cotas PIS/PASEP:

PIS – trabalhador de empresa privada

  • Cartão Cidadão e senha: os trabalhadores que possuem até R$ 3 mil podem fazer a retirada dos valores com nos terminais de atendimento da Caixa Econômica Federal, casas lotéricas ou correspondentes Caixa Aqui.
  • Sem Cartão Cidadão e senha: quem possui saldo superior a R$ 3 mil, pode fazer a retirada em agências da Caixa. Para isso, é necessário apresentar um documento oficial com foto.
  • Quem tem conta na Caixa: trabalhadores que possuem conta na Caixa podem ter recebido os valores automaticamente, que foi depositado na conta ativa, conforme calendário de pagamento estipulado em 2019.

PASEP – servidor público

Quem é ou foi servidor público pode buscar diretamente  uma agência do Banco do Brasil. Para mais informações, acesse a página www.bb.com.br.

Calendário de pagamento das Cotas do PIS/Pasep

Em 2019, para ter um maior controle sobre os pagamentos, o Governo e a Caixa elaboraram um calendário de saques das cotas e também sobre os créditos automáticos. Com a chegada de 2020, todos que ainda não retiraram seus valores podem retirar, sem o cronograma. Confira como se deu o calendário em 2019:

  • Crédito em conta na Caixa para todas as idades: feito a partir de 19 de agosto
  • Saques para pessoas que tenham a partir de 60 anos: liberação a partir de 26 de agosto
  • Pagamento para todas as idades: 2 de setembro

E se o trabalhador faleceu?

Em caso de falecimento do beneficiário, o pagamento das cotas PIS/PASEP pode ser feito aos dependentes. Mas, para ter acesso aos valores, estes precisam apresentar nas agências dos bancos responsáveis os documentos que estão listados abaixo:

  • Certidão ou declaração de dependentes habilitados à pensão por morte expedida pelo INSS;
  • Atestado fornecido pela entidade empregadora (servidores públicos);
  • Alvará judicial designando o sucessor/representante legal. Este documento deverá indicar o PIS ao qual o benefício se refere, e Carteira de Identidade do sucessor/representante legal (na falta da certidão de dependentes habilitados);
  • Escritura Pública de Inventário e partilha (Judicial ou Extrajudicial).
  • Termo por escrito autorizando o saque e declarando não existirem outros sucessores conhecidos.

Como consultar o saldo retroativo do PIS/Pasep?

Para consultar os valores disponíveis referentes às cotas do PIS/PASEP, o trabalhador pode acessar o site da Caixa (clique aqui). Os valores também podem ser acompanhados por meio do aplicativo Caixa Trabalhador, que está disponível para download no Play Store (Android) ou na Apple Store (iOS).

No caso do PASEP, o beneficiário pode acessar o site do Banco do Brasil e clicar em “Consulte seu PASEP” na opção disponível à direita no site.

Atendimento Caixa e BB

Para mais informações sobre os valores da cotas do fundo, ou caso não tenha conseguido acessar os serviços mencionados anteriormente, o trabalhador pode entrar em contato com a Caixa, por telefone, e-mail ou diretamente na agência mais próxima.

O telefone disponível para o atendimento do PIS é o 0800 726 0207. Para atendimento via chat, clique aqui. Caso deseje consultar a agência mais próxima, clique aqui.

O Banco do Brasil oferece atendimento pelo números 4004 0001/0800 729 0001 (Central de Atendimento), 0800 729 008 (Deficientes Auditivos/Fala), 61 4002 0001 (WhatsApp).

Veja também: Processo seletivo Carrefour e Grupo Big com 5.425 vagas disponíveis. Confira



[ad_2]

Source link

Back to list