Orçamento de 2020 prevê mais de 50 mil vagas, mas ideia é não fazer concursos


O Orçamento da União de 2020 (Lei 13.978/2020) foi sancionado sem vetos pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), na última sexta-feira (dia 17). O texto prevê 51.391 vagas para concursos públicos da União nos três Poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário), além do Ministério Público e da Defensoria Pública. Do total de vagas, 45.816 são de cargos que ficaram vagos por conta de aposentadorias e falecimentos. Além disso, 5.575 novas vagas foram previstas para 2020. No Orçamento de 2019, eram citadas 43.373 vagas oriundas de vacância e 4.851 novas. No total, houve um aumento de 6,56% do total de ocupações.

O maior número de postos é para o Executivo, que tem 46.708 vagas, incluindo aquelas para concursos militares. Em 2019, esse número foi de 42.828. Mas, na prática, o Ministério da Economia informou que o montante não representa a quantidade de concursos que devem ser realizados ao longo do ano.

De acordo com a pasta, a regra geral é não realizar seleções em 2020, exceto para cargos de professor equivalente ao quadro dos cargos técnico-administrativos, para cargos nas universidades federais criadas por leis, aprovadas pelo Congresso Nacional (que totalizam 2.560 vagas), para a Polícia Federal (580 postos) e para a Polícia Rodoviária Federal (614 oportunidades). E, mesmo para essas exceções, ainda não há um prazo estipulado de quando as seleções vão ocorrer.

“No âmbito do poder Executivo Federal, reiteramos que a autorização de novos concursos​ é medida excepcional. Os números contemplam os cargos para as Universidades Federais do Norte do Tocantins, Catalão/GO, Delta do Parnaíba/PI, Rondonópolis/MT, Jataí/GO e Agreste de Pernambuco, todas recém-criadas por leis. Bem como vagas relativas aos aprovados remanescentes do concurso da Polícia Rodoviária Federal e a reestruturação regimental da Polícia Federal”, afirmou a nota.

Orçamento é uma intenção do governo, dizem especialistas

Para os especialistas ouvidos pelo EXTRA, a lei orçamentária é uma medida de intenção do governo. Não representa, na prática, que será de fato executado.

Para Raul Velloso, economista e especialista em contas públicas, cada órgão pediu um número de vagas. Eles vão ter que “brigar”, porque o governo vem indicando que não vai abrir novas oportunidades.

— Ao longo dos anos, os órgãos vão cobrando essas vagas do Ministério da Economia. mas, na hora “H”, a pasta não vai dar. Isso transfere a briga para a gestão orçamentária. A demanda de colocar no texto da lei foi atendida, mas sabendo que não vai acontecer na prática para a execução (dos concursos) ao longo ano.

André Marques, coordenador do Centro de Gestão e Políticas Públicas do Insper, avalia que fazer concursos antes da reforma administrativa parece sem sentido:

— O sentido das coisas não está parecendo lógico. Colocar um concurso sem antes discutir a reforma administrativa parece em sentidos opostos. Precisa discutir qual é o papel do estado, do servidor, porque quem entra hoje no setor público tem todos os direitos dos servidores atuais. Se o governo não tem dinheiro para investir, a despesa de pessoal que entra no Orçamento não se consegue diminuir mais a frente, e tudo mais fica bem difícil.

Marques também criticou a falta de transparência, pois não há uma descrição, por exemplo, de quais são os setores do Executivo que poderiam ter vagas preenchidas:

— A análise é difícil porque não conseguimos, com os números fechados, ver a depreciação ou a evolução dos setores ao longo dos tempos. É importante ter transparência e explicar se é para repor ou não o cargo vago. E esse número de vagas parece em sentido contrário a todo o discurso que vem sendo feito a todo o tempo sobre a eficiência do servidor, o corte de gastos e tudo mais. Espero que tenha sido só uma questão de compilação orçamentária ou falta de planejamento.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o WhatsApp do Extra (21 99644 1263)





Source link

veja o edital para 40 vagas de Analista


Edital TCE-RJ 2020 é publicado! São 40 vagas para o cargo de Analista de Controle Externo com vencimentos de R$ 13.708,81.

Abertura inscrições
07/02/2020
Data da prova
25/04/2020
Total de vagas
40

Encerra inscrições
26/02/2020
Gabaritos em
28/04/2020
Salários até
R$ 13.708,81

Saiu o esperado edital do novo concurso público do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (concurso TCE-RJ). O documento foi divulgado nesta quinta-feira, 23 de janeiro, no Diário Oficial do Estado e abre 40 vagas para o cargo de Analista de Controle Externo em várias especialidades de atuação.

O concurso havia sido autorizado em março de 2019 e desde então vinha sendo muito aguardado pelos concurseiros do estado. A remuneração inicial é atrativa e será de R$ 13.708,81 em todas as áreas por jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Concurso TCE-RJ é para nível superior

As oportunidades estão distribuídas entre as seguintes áreas de formação de nível superior:

  • 9 vagas para Analista de Controle Externo – Especialidade Ciências Contábeis
    Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em
    Ciências Contábeis, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), registro no órgão de classe, e dois anos de prática profissional.
  • 16 vagas para Analista de Controle Externo – Especialidade Controle Externo
    Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior
    ou habilitação legal equivalente em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e dois anos de prática profissional.
  • 8 vagas para Analista de Controle Externo – Especialidade Direito
    Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior
    ou habilitação legal equivalente em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil ou, no caso de o candidato exercer função incompatível com o exercício da advocacia, documento comprobatório da incompatibilidade para o exercício da profissão e, no mínimo, dois anos de prática profissional.
  • 7 vagas para Analista de Controle Externo – Especialidade Tecnologia da Informação
    Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em
    Ciência da Computação, Engenharia de Sistemas, Engenharia da Computação ou de curso de nível superior correlato na área de Informática ou de Tecnologia da Informação, e
    dois anos de prática profissional.

Inscrição no TCE-RJ vai até 26 de fevereiro

Conforme o cronograma divulgado pelo Cebraspe, organizador do concurso, o período de inscrições vai das 10h do dia 07 de fevereiro às 18h do dia 26 de fevereiro de 2020, considerando o horário oficial de Brasília/DF, exclusivamente via internet no site http://www.cebraspe.org.br/.

Será cobrada taxa de inscrição no valor de R$ 124,00 podendo ser paga até o prazo máximo de 19 de março.

Provas do concurso TCE-RJ 2020

O concurso terá etapas de prova objetiva de conhecimentos básicos e conhecimentos específicos, além de prova discursiva e avaliação de títulos.

As provas objetivas terão duração de 5 horas e nos conhecimentos básicos abrangerão os conteúdos de Língua Portuguesa, Administração Pública, Análise de Dados e Informações, Auditoria Governamental, Controle Externo, Direito Administrativo e Direito Constitucional. As disciplinas de conhecimentos específicos para cada cargo podem ser consultadas no edital do concurso.

Prova objetiva

A data provável de aplicação das provas objetivas será no dia 25 de abril, no turno da tarde. Já a prova discursiva deverá ser aplicada no dia 26 de abril, no turno da manhã. Os gabaritos e resultado das duas provas será divulgado a partir das 19h do dia 28 de abril de 2020, no site do Cebraspe.

Prova Discursiva

A prova discursiva será composta de três questões a serem respondidas em até 20 linhas cada, sendo uma sobre as disciplinas de Direito Administrativo, Direito Constitucional e/ou Controle Externo; e duas sobre as disciplinas relacionadas aos conhecimentos específicos que constam no edital. Haverá ainda uma peça de natureza técnica (redação) de um texto de até 50 linhas contendo instruções e análises técnicas sobre achados de auditoria e normas aplicáveis.

O prazo de validade do concurso será de 6 meses, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado uma vez por igual período. Poderão ser convocados dentro do período de validade do concurso os candidatos que não forem eliminados da seleção para provimento de novas vagas que surgirem, observadas a dotação orçamentária, a reserva de vagas, a necessidade do serviço, bem como a conveniência e a oportunidade da Administração.

Para as convocações visando ao provimento de novas vagas, será observada, necessariamente, a seguinte ordem e quantitativos para cada especialidade do cargo de Analista de Controle Externo:

  1. quatro candidatos da especialidade Controle Externo;
  2. três candidatos da especialidade Ciências Contábeis;
  3. dois candidatos da especialidade Direito;
  4. um candidato da especialidade Tecnologia da Informação.

Atribuição do cargo

O Analista de Controle Externo atua na emissão de parecer das contas, atos e demais procedimentos sujeitos à apreciação, registro ou julgamento pelo TCE-RJ; executar inspeções e auditorias a cargo do TCE-RJ; executar todos os demais atos de fiscalização de competência do TCE-RJ, de forma a permitir ao Corpo Deliberativo a necessária apreciação ou julgamento.





Source link

SP divulga alteração na inscrição em um de seus doze Concursos para Docentes


Candidatos podem confirmar participação em novo prazo nos certames que têm salários de até R$ 9 mil.

UFSCar - SP divulga alteração na inscrição em um de seus doze Concursos para Docentes

A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) anunciou alteração nas inscrições de um de seus doze Concursos para Professores da Carreira de Magistério Superior, foram anunciadas.

O edital de nº 92/2016 para Professor Assistente do Departamento de Medicina do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, teve as inscrições alteradas.

Para mais informações sobre esta e outras alterações, acesse os editais disponíveis em nosso site.

Há vagas para Professores Auxiliares, Assistentes e Adjuntos, conforme as oportunidades de cada edital.

Os Concursos de nº 91, 92, 93, 95, 96, 97, 98, 99, 100, 101 e 102/2016 têm vagas nos Departamentos de Medicina, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica e Psicologia no Campus de São Carlos nas áreas de Ecologia/ Métodos Quantitativos e Ecologia de Ecossistemas (1); Medicina Obstetrícia (2); Medicina/ Saúde da Criança e Adolescente (2); Transportes/ Planejamento e Operação de Sistemas de Transportes (1); Transportes/ Infraestrutura de Transportes (1); Engenharia Elétrica/ Conversão e Retificação da Energia Elétrica (1); Língua Brasileira de Sinais – Libras/ Linguística e Libras (1); Medicina/ Saúde da Criança (1); Medicina/ Ginecologia/ Uroginecologia/ Mastologia e Obstetrícia (2); Medicina/ Ginecologia (1) e Medicina/ Saúde da Criança (1).

Já o edital nº 94/2016, dispõe de oportunidade no Campus de Araras no Departamento de Tecnologia Agroindustrial e Socioeconomia Rural, na área de Agronomia e Fitotecnia (1).

As jornadas de trabalho podem ser de 20 horas semanais ou em regime de Dedicação Exclusiva, com remunerações que variam de R$ 2.129,80 a R$ 9.114,67.

Os interessados podem realizar as inscrições pelo site www.concursos.ufscar.br, mediante pagamento da taxa de participação no valor de R$ 57,00; R$ 66,00 ou R$ 79,00, nos períodos listados abaixo:

  • Edital nº 91/2016: até o dia 16 de setembro de 2016;
  • Edital nº 92/2016: até 06 de fevereiro de 2017;
  • Edital nº 93/2016: até 21 de outubro de 2016;
  • Edital nº 94/2016: até 11 de outubro de 2016;
  • Edital nº 95/2016: até 07 de outubro de 2016;
  • Edital nº 96/2016: até 18 de outubro de 2016;
  • Edital nº 97/2016: de 15 a 30 de setembro de 2016;
  • Edital nº 98/2016: até a 27 de setembro de 2016;
  • Edital nº 99/2016: até 22 de janeiro de 2017;
  • Editais nº 100 e 101/2016: até 03 de fevereiro de 2017;
  • Edital nº 102/2016: até 31 de outubro de 2016.

Estes Concursos têm validade de um ano, podendo haver prorrogação por igual período, no interesse da instituição.



Source link

Simulado TJ MG – Técnico Judiciário


Treine para os concursos do TJ MG e TJM MG

Os tribunais mineiros prometem movimentar o cenário dos concursos públicos no Brasil. Serão oferecidas oportunidades para candidatos que possuam níveis médio e superior de escolaridade, com salários que podem ultrapassar os R$ 5,7 mil. Com o simulado TJ MG, para o qual separamos uma série de questões, você poderá se preparar e ficar próximo da sonhada vaga.

Para se ter uma breve noção, os Tribunais de Justiça (TJ MG), tanto da primeira como também da segunda instância, já estão autorizados, com bancas organizadoras definidas (AOCP e IBFC, respectivamente), e podem ter seus editais publicados a qualquer momento.

Quem já está próximo de abrir o período de inscrições de seu novo certame, que será organizado pela FUMARC, é o Tribunal de Justiça Militar (TJM MG). Elas começam em 30 de março e seguem até o dia 29 de abril. Serão 20 vagas para o cargo de Oficial Judiciário (nível médio) e outras 04 para Técnico Judiciário (nível superior) que pagam remunerações de, respectivamente, R$ 3.692,61 e R$ 5.782,78.

Já as provas, que terão 50 questões objetivas e uma redação, acontecerão em 31 de maio de 2020 na cidade de Belo Horizonte (MG).

 

Para mais informações ligue 0800 606 8889

 

Simulado TJ MG

Selecionamos mais de 160 questões aplicadas em concursos anteriores do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, para o cargo de Técnico Judiciário. Priorizamos aquelas que apareceram em provas organizadas pela FUMARC, de modo que você possa utilizá-las também para se preparar para o TJM MG, uma vez que os conteúdos se assemelham.

Você poderá responder questões de, por exemplo, Administração Geral, Direito Administrativo, Direito Constitucional, Língua Portuguesa, e várias outras. Então se você vai concorrer a uma das vagas de Técnico Judiciário aproveite, basta acessar o link abaixo e começar a simulação.

 

SIMULADO TJ MG – Técnico Judiciário

 

Acerte todas as questões de Língua Portuguesa na prova

Uma das disciplinas comuns aos cargos de Oficial Judiciário e Técnico Judiciário no concurso do Tribunal de Justiça Militar de Minas Gerais, e que certamente também estará presente nos conteúdos programáticos do TJ MG, é Língua Portuguesa.

Assista então uma videoaula especialmente gravada pela Prof.ª Carolina Santana, com dicas fundamentais sobre o assunto e fique pronto para gabaritar sua prova.

Certamente, após ter se preparado com os cursos online do Aprova e agora fazendo o simulado deste post, você estará muitos passos na frente da concorrência e poderá em breve comemorar a tão sonhada (e merecida) vaga seja no TJM MG ou no TJ MG!

 

  

Veja mais notícias e dicas no blog do Aprova Concursos

INSCREVA-SE NO CANAL DO APROVA E ACOMPANHE AS NOVIDADES

  Curta no Facebook a página do Aprova! Siga também nosso perfil no Instagram

 



Source link

TCU quer impedir que militares da reserva sejam contratados pelo INSS


O Tribunal de Contas da União (TCU) irá barrar a contratação de militares da reserva para trabalhar na força-tarefa que o governo pretende montar. O intuito da contratação é reduzir a fila de espera de 1,3 milhão de pedidos de benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

De acordo com aviso dado pelo TCU ao governo, será necessário elaborar uma solução mais ampla para o recrutamento de pessoal. Inclusive, será preciso abrir a possibilidade de contratação de civis.

O tema está em discussão no TCU desde que o Ministério Público (MP) junto ao Tribunal de Contas ingressou com pedido de medida cautelar. O texto do pedido também visa suspender a contratação de cerca de 7 mil militares da reserva para reforço ao quadro de pessoal do instituto.

A estratégia foi anunciada na terceira semana de janeiro. Mesmo com anúncio da contratação dos militares pelo Ministério da Economia, o governo ainda não publicou os decretos que vão implementar as medidas emergenciais.

Problemas com a contratação

O secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, esteve, dia 22 de janeiro, no TCU para discutir mudanças na medida. Alternativas estão sendo avaliadas para a contratação. No entanto, o governo está ciente de que o recrutamento exclusivo de militares não será aceito.

Segundo a assessoria de imprensa de Marinho, ele disse que cumpre seu papel de conversar com os órgãos de controle em relação às “medidas que estão sendo gestadas internamente”.

Para o ministro relator do tema, Bruno Dantas, e outros ministros da Corte de Contas, a contratação só de militares seria ilegal por se tratar de uma reserva de mercado. Segundo os técnicos do TCU, a contratação deverá ter valor a ser pago: em média R$ 2,3 mil por mês.

Atualmente, 7.820 servidores do INSS fazem a análise de documentos para a concessão de benefícios previdenciários. Com a chegada dos militares da reserva, o governo almeja que os funcionários do órgão deixem o atendimento e foquem na parte de análise de dados e cadastro.

O objetivo do governo e do INSS é liberar 2,1 mil servidores do próprio órgão para analisar os pedidos de benefícios.

Concurso INSS

Vale ressaltar que o caso acontece devido às várias negativas do governo para realização de um concurso público. Atualmente, o déficit de pessoal no INSS é de 20 mil cargos. Tal fator é apontado por profissionais e sindicalistas como o principal motivo para os atrasos na fila da Previdência.

Órgãos fiscalizadores, sindicatos, servidores do INSS e diversas outras entidades têm cobrado a realização de um novo concurso público. Isso acontece também porque a instituição depende do governo. Fora que não possui cadastro de reserva de outras seleções para que possa utilizar.

Para publicar um novo edital, é necessária uma autorização do Ministério da Economia, mas a negativa tem acontecido periodicamente. Vale ressaltar que ainda tramita no ministério um pedido de concurso feito pelo INSS em 2018.

Essa última solicitação pretende preencher 7.888 vagas efetivas a níveis médio e superior. As remunerações variam de R$5.186,79 a R$12.683,79.

O último concurso do INSS para técnicos e analistas foi realizado em 2015. Na época, houve oferta de 950 vagas. Para a carreira de peritos, a seleção anterior ocorreu em 2011, com 375 vagas.

Confira também: MP pede suspensão de contração de militares no INSS

*Com informações de Jornal Metrópole





Source link

Concurso Cartório SC: dicas e expectativas sobre o certame ajudam sua preparação


Concurseiros, a equipe do Estratégia conseguiu uma ótima notícia. O concurso Cartório SC será retomado. Após o edital ser suspenso em 2019, o órgão decidiu por rescindir o contrato com a IESES que era a banca do certame.

Agora o concurso Cartório SC irá escolher uma nova banca organizadora e certame continuará regido pelo mesmo edital.

Com o intuito de reforçar a preparação do concurseiro, a equipe de professores do Estratégia Concursos desenvolveu uma aula para tirar dúvidas e dar dicas sobre o certame.

O evento acontece nesta quinta-feira, 23 de janeiro de 2020, às 17:00. Os professores Adriano Alvares e Paulo Sousa vão ministrar a aula ao vivo e gratuitamente através do canal do Estratégia no Youtube.

MAIS INFORMAÇÕES: Concurso Cartório SC

CURSO CARTÓRIO

Fique por dentro dos concursos vigentes:

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2020

CONCURSOS DE DIREITO

O post Concurso Cartório SC: dicas e expectativas sobre o certame ajudam sua preparação apareceu primeiro em Estratégia Concursos.



Source link

Relaxamento: As coisas que os examinadores têm que ler



Muitas vezes as organizadoras de concursos públicos cometem algumas arbitrariedades ou ilicitudes que acabam levando os candidatos a resolverem a questão no judiciário. Mas convenhamos, nós concurseiros também, às vezes, exageramos.A Consulplan organizou o Concurso da CHESF e por diversas vezes se demonstrou bastante "democrática": além dos tradicionais recursos dos gabaritos, houve também



Source link

Abertas as inscries para novo edital de Concurso IDAF


Lanado o edital de concurso pblico n001/2020 do Instituto de Defesa Agropecuria e Florestal do Estado (IDAF AC), onde sero ofertadas vagas para formao de cadastro de reservas.

Os aprovados devem cumprir 40 horas semanais de trabalho por semana. Os interessados devem realizar suas inscries entre os dias 22 de janeiro a 19 de fevereiro de 2020, exclusivamente via internet, atravs do site do IBADE.

As vagas ofertadas so para os cargos de Engenheiro Agrnomo, Engenheiro Florestal, Mdico Veterinrio (nvel superior) e Tcnico em Defesa Agropecuria e Florestal (nvel mdio). Os salrios variam de R$ 4.411,56 a R$ 6.824,40.

Este concurso ser composto por trs etapas, que so: provas objetivas, discursivas e avaliao de ttulos, em carter classificatrio e eliminatrio, que sero aplicadas nas cidades de Brasileia, Cruzeiro do Sul, Feij, Jordo, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter, Rio Branco, Santa Rosa do Purus, Sena Madureira e Tarauac. As provas objetivas e discursivas tem data prevista para o dia 15 de maro de 2020.

O concurso IDAF AC ter prazo de validade de dois anos, prorrogvel por mesmo perodo, a contar pela data de homologao dos resultados.

Os candidatos podem conferir todas as informaes sobre este concurso no edital publicado no site do IBADE.

Solicite no formulário abaixo seu Curso de Português em DVD para Avaliação.

Solicite seu DVD no formulário abaixo:

Correios

Nível Médio = R$ 2.885,37

O correios costuma abrir concurso de surpresa. Portanto, é preciso que os interessados já comecem a se preparar.

O último concurso ocorreu em 2011 trazendo vagas em diversas áreas.

O cargo de carteiro exige nível médio e tem salário inicial de R$ 2.885,37.

O Cargo de Atendente Comercial e Operador de Triagem e Transbordo tem salário de R$ 2.348,87 (Nível Médio).

As disciplinas cobradas no último concurso foram matemática, português e informática.

As inscrições para o concurso dos Correios ainda não foram abertas, mas até lá vamos atualizando todas as informações.

Solicite no formulário abaixo seu Curso de Português em DVD para Avaliação.

Solicite seu DVD no formulário abaixo:

INSS

Nível Médio = R$ 5.344,87

O INSS solicitou 16.548 vagas para o Ministério do Planejamento, entre as quais, no mínimo, 7.580 são destinadas ao concurso INSS 2019.

Das 7.580 vagas para a nova seleção, 3.941 são para a função de técnico de seguro social, a qual requer ensino médio e tem salários de R$5.344,87. Foram solicitadas ainda 1.493 vagas para analistas em várias especialidades, as quais ainda não foram informadas, e 2.146 para perito médico.

A função de analista é voltada para quem tem ensino superior nas áreas contempladas e possui iniciais de R$7.954,09. Já para perito médico, é necessário ser formado em Medicina. As remunerações são de R$10.616,14. Para ambos os cargos o auxílio-alimentação de R$458 já está incluído.

Solicite no formulário abaixo seu Curso de Português em DVD para Avaliação.

Solicite seu DVD no formulário abaixo:

Caixa Econômica Federal

Nível Médio = R$ 3.622,40

A Caixa Econômica Federal costuma abrir concurso de surpresa. Portanto, é preciso que os interessados já comecem a se preparar.

Atualmente, o cargo de técnico bancário (Nível médio) tem salário inicial de R$ 3.622,40.

É provável que um novo concurso ocorra em breve, visto a demanda necessária de pessoal.

O banco possui um plano de cargos com 48 níveis salariais, o que proporciona uma perspectiva de crescimento profissional.

Solicite no formulário abaixo seu Curso de Português em DVD para Avaliação.

Solicite seu DVD no formulário abaixo:

IBGE

Saiu edital com 2.658 vagas em todo o Brasil!

O IBGE publicou o edital de processo seletivo Nº 3/2019, destinado ao preenchimento de 2.658 vagas temporárias destinadas ao Censo Demográfico 2020.

As oportunidades são para os seguintes cargos:

• Coordenador Censitário Subárea (CCS): Estão abertas 1.343 vagas e para concorrer o candidato deve possuir o nível superior completo em qualquer área de formação, além de CNH, no mínimo, na categoria B. O salário mensal será de R$ 3.100,00;

• Agente Censitário Operacional (ACO): São 1.315 vagas e para participar o interessado deve ter nível médio completo. Os ganhos mensais serão de R$ 1.700,00.

As inscrições podem ser feitas das 10 horas do dia 25 de setembro até às 16 horas do dia 15 de outubro de 2019, através da internet, no site https://fgvprojetos.fgv.br/concursos/ibgepss2019.

Solicite no formulário abaixo seu Curso de Português em DVD para Avaliação.

Solicite seu DVD no formulário abaixo:

Banco do Brasil

Nível Médio = R$3.952,03

O Banco do Brasil costuma abrir concurso de surpresa. Portanto, é preciso que os interessados já comecem a se preparar.

Para quem deseja ingressar na carreira bancária, o cargo de escriturário do Banco do Brasil, exige apenas nível médio. Os aprovados trabalham em um regime de 06 horas diárias recebendo R$ 3.952,03.

O que torna o cargo atrativo é a possibilidade de ascensão profissional e a oportunidade de se tornar, no futuro, um gerente ou executivo do banco.

Solicite no formulário abaixo seu Curso de Português em DVD para Avaliação.

Solicite seu DVD no formulário abaixo:

MPU

Nível Médio = R$ 7.260,41
Nível Superior = R$ 11.345,90

A publicação do novo edital do concurso do MPU para os cargos de técnicos e analistas ocorrerá em breve.

Para concorrer ao cargo de técnico basta possuir ensino médio, com remuneração inicial de R$ 7.260,41. No caso dos analistas, com necessidade de nível superior, o inicial é de R$ 11.345,90.

Solicite no formulário abaixo seu Curso de Português em DVD para Avaliação.

Solicite seu DVD no formulário abaixo:

Banco Central

Salário de R$17.391,64

O Banco Central enviou uma solicitação para abertura de concurso, esse pedido prevê a abertura de 230 vagas e já tramita no Ministério da Economia. São 30 vagas para procurador e 200 vagas paras o cargo de analista.

Os candidatos ao cargo de analista poderão ter graduação em qualquer área e o salário mensal é de R$17.391,64. Já os interessados a função de procurador deverão possuir nível superior em Direito, inscrição na OAB e no mínimo dois anos de experiência, com remuneração de R$19.665,67, já incluso o auxílio-alimentação de R$458.

Solicite no formulário abaixo seu Curso de Português em DVD para Avaliação.

Solicite seu DVD no formulário abaixo:

Receita Federal

Mais de 2 mil vagas

A Receita federal espera a aprovação do seu pedido de concurso público com pelo menos 2.083 vagas, sendo 630 para Auditor e 1.453 para Analista. 

O cargo de analisa tributário exige nível superior e apresenta salário de R$11.639,24. Já a carreira de auditor fiscal propicia remuneração de R$20.123,53.

Solicite no formulário abaixo seu Curso de Português em DVD para Avaliação.

Solicite seu DVD no formulário abaixo:

Ibama

1.888 vagas – Nível médio = R$4.408,94

O Ibama quer preencher vagas em todas as unidades. Com as aposentadorias e desligamentos previstos, o órgão vai enviar novo pedido de concurso para 1.888 vagas.

Como já mencionado pelo próprio órgão, a nova demanda deverá ser de 759 vagas na carreira de nível médio e as demais 1.129 nas de nível superior.

Para quem tem nível médio, o Ibama proporciona remuneração inicial de R$4.408,94, enquanto para nível superior R$9.389,84, ambas com auxílio-alimentação de R$458 somado.

Solicite no formulário abaixo seu Curso de Português em DVD para Avaliação.

Solicite seu DVD no formulário abaixo:

PRF

Salário de R$10.357,88

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, afirmou que vai trabalhar para conseguir aumentar o efetivo da Polícia Rodoviária Federal (PRF), sendo assim a corporação vai enviar um novo pedido de concurso em 2019. 

Para concorrer ao cargo de policial, os candidatos precisam ter nível superior em qualquer área e de 18 a 65 anos de idade, conforme legislação. Podem concorrer homens e mulheres. A PRF exige ainda que o candidato tenha carteira de habilitação, na categoria B ou superior.

A remuneração do policial rodoviário é de R$10.357,88 em 2019, valor que já inclui o auxílio-alimentação, que atualmente é de R$458.

Solicite no formulário abaixo seu Curso de Português em DVD para Avaliação.

Solicite seu DVD no formulário abaixo:

Polícia Federal

Salário de R$12.441,26 a R$23.130,48

Com a necessidade de mais policiais federais nas fronteiras, a Polícia Federal (PF) vai realizar um novo concurso público.

Atualmente, a maior demanda é para o cargo de agente. Faltam, ao todo, 2.425 profissionais na carreira, que costuma ter grande procura pois exige nível superior em qualquer área e tem salário de R$12.441,26. Escrivão e delegado são postos que também contam com uma grande carência.

Solicite no formulário abaixo seu Curso de Português em DVD para Avaliação.

Solicite seu DVD no formulário abaixo:

Precisando de Advogado?

Inventário, Civil, Consumidor, Trabalhista etc.
Dr. Alexandre Xavier – Whatsapp: (31) 98881-0857





Source link