Como estudar informática para concurso


Quem sonha em passar em um concurso público precisa estar afinado com todos os conteúdos que constam no edital. Atualmente a maioria dos editais, para todos os níveis de escolaridade pedem conhecimentos sobre Informática. Por isso, hoje vamos falar sobre como estudar informática para concurso.

Ter conhecimentos sobre informática é importante para o desempenho de várias funções dentro dos órgãos, por isso é tão importante estar bem preparado para essa disciplina.

Além disso, vamos falar de maneira geral como estudar para concurso. Então continue lendo esse texto para saber tudo o que você precisa para se sair bem no próximo concurso.

Por que fazer concurso público?

Ser aprovado em concurso tem diversas vantagens. O candidato aprovado pode desfrutar de alguns benefícios que os trabalhadores da iniciativa privada não têm. Por exemplo:

vantagens de ser servidor

Vantagens de ser funcionário público

Salários atrativos: Aqui encontramos o principal atrativo em um concurso público. A remuneração oferecida para os servidores públicos é acima da que é paga aos trabalhadores do setor privado.

Estabilidade: A estabilidade também atrai muitos candidatos ao serviço público. Já imaginou não poder ser demitido? Mas ela só vem depois de três anos no cargo, chamado de estágio probatório. Só então o servidor conquista a sonhada estabilidade. Mas a demissão ainda pode acontecer, mas somente se ele cometer uma falha extrema no exercício da função.

Benefícios: Não são só os salários que são bons. Algumas vagas ainda oferecem um pacote de benefícios que podem incluir, por exemplo: vale-transporte, auxílio-refeição, vale-alimentação, auxílio-creche, plano de saúde, auxílio-cultura, incentivo aos estudos, entre outros.

Não precisa de experiência anterior: Existem algumas exceções, é claro! Mas em geral, para ocupar o cargo, o candidato precisa apenas da formação exigida em edital, seja ela de nível médio, técnico ou superior.

O que estudar de informática para concurso?  

Para começar é preciso saber o que vai cair na prova. Para isso, consulte o edital do concurso que vai prestar, lá estão todos os conteúdos que serão cobrados. Com essas informações você não perde tempo estudando matérias que não vão cair na prova, portanto, à toa.

Se o edital ainda não foi divulgado você pode começar a se preparar com os editais anteriores, de provas que já foram realizadas. Os conteúdos do próximo edital podem não ser exatamente os mesmos, mas você já estará mais familiarizado com o estilo da prova. E com certeza algum aprendizado será aproveitado para a realização do novo certame.

Estudar o edital

Estudando para concurso público

Para te ajudar a entender melhor como esses conteúdos estão dispostos no edital, separamos alguns grandes concursos que os candidatos precisaram responder questões de informática. Confira:

Concurso IBGE 2019 – Agente Censitário Operacional – Nível médio:

– NOÇÕES DE INFORMÁTICA:

Conceitos Básicos: operação de microcomputadores, funcionalidades e aspectos de configuração de CPU, monitor de vídeo, dispositivos de memória dinâmica e de massa, teclado, mouse, impressora, armazenamento de dados, conceito de diretórios e arquivos, operações usuais no manuseio de dados computacionais. II -Aspectos de Segurança dos Sistemas Computacionais: qualificações de acesso, chaves e senhas, vírus e antivírus, procedimentos de “backup”. III – Aplicativos Computacionais Básicos: funcionamento de editores de texto, planilhas eletrônicas, navegadores, conhecimentos de Word e Excel. IV – Comunicação através de Redes Computacionais: recursos necessários e mecanismos de comunicação; programas de transferência de arquivos e correio eletrônico; Organização da Intranet e Internet. V – Operação do Sistema Windows 7 ou superior.

No vídeo abaixo a Prof.ª Kátia Quadros fala mais sobre esse concurso:

Concurso INSS 2016 – Cargo Analista de Seguro Social – Nível Superior

NOÇÕES DE INFORMÁTICA:

1 Conceitos de Internet e intranet. 2 Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos de informática. 3 Conceitos e modos de utilização de aplicativos para edição de textos, planilhas e apresentações utilizando-se a suíte de escritório LibreOffice. 4 Conceitos e modos de utilização de sistemas operacionais Windows 7 e 10. 5 Noções básicas de ferramentas e aplicativos de navegação e correio eletrônico. 6 Noções básicas de segurança e proteção: vírus, worms e derivados.

Esse é um dos concursos mais aguardados pelos concurseiros. A expectativa para abertura de um novo edital do INSS é muito grande. Nesse vídeo, o Prof. Marcio Hollweg fala um pouco sobre as questões que caíram no último certame do órgão:

Além desses materiais, separamos algumas videoaulas que podem te ajudar muito a se preparar para um concurso público. Confira:

Para te dar um panorama de quais são os assuntos mais cobrados dessa disciplina, o professor Marcio Hollweg gravou um vídeo especial que serve para qualquer concurso. Afinal, não adianta te sobrecarregar de informações e páginas para ler.

Microsoft Word

O Microsoft Word é um dos assuntos mais cobrados dessa disciplina. Por isso, a professora Kátia Quadros explica os conceitos básicos desse assunto separados em duas videoaulas. Venha conferir e ficar mais perto da aprovação!

Microsoft Excel

O Microsoft Excel pode ser o terror para muitos concurseiros, mas agora não será mais. A professora Kátia Quadros te ensina os conceitos básicos sobre o assunto de forma rápida e prática. Assista as três videoaulas na sequência e veja como é fácil aprender!

Como estudar informática para concurso?  

Agora que você já sabe o que estudar, vamos passar para o próximo passo: Como estudar informática para concurso.

Conforme mencionado acima a disciplina de Informática é muito comum nos certames, mas além dessas, português, matemática e raciocínio lógico são as que mais caem.

E para ter um bom desempenho é preciso estudar da forma correta.

Se você busca um método de estudos que aliem praticidade, economia de tempo e dinheiro e bons aprendizados, a vídeo aula para concurso é para você.

O que cai de informática

Se prepare da forma correta para a prova de informática

Os cursos online facilitam a sua vida desde o primeiro momento, já que com eles você não precisa nem se preocupar com o que estudar primeiro. Eles vêm em formato de planos de estudos, basta dar o play e acompanhar as aulas na sequência em que elas foram inseridas no Ambiente de Aprendizagem.

Mas não é só isso! Você pode potencializar ainda mais seus conhecimentos respondendo questões das provas anteriores.

Confira essas questões que separamos do concurso do INSS que citamos acima:

Prova do INSS:

– No explorador de arquivos do Windows 10, é possível fixar as pastas favoritas na funcionalidade acesso rápido, que lista, além das pastas fixadas, as usadas com frequência e também os arquivos usados recentemente.

(  ) Errado

(  ) Certo

Sabe a resposta? Então clique aqui para responder

 

– Ao iniciar seu dia de trabalho, Daniel se deparou com inúmeros aplicativos abertos em seu computador de trabalho, o que deixava sua máquina lenta e sujeita a travamentos frequentes. Ele constatou, ainda, que somente um desses aplicativos era necessário para a execução de suas atividades. Nessa situação, para melhorar o desempenho do seu computador, Daniel deve utilizar um aplicativo de antivírus instalado localmente, para eliminar os aplicativos que estiverem consumindo recursos além do normal.

(  ) Errado

(  ) Certo

Sabe a resposta? Então clique aqui para responder

Questões de informática para concurso

Além dessas específicas para o Concurso do INSS, separamos algumas outras questões que podem te auxiliar na preparação para um concurso. Você também pode fazer seus próprios filtros e garantir uma preparação mais direcionada, é só acessar o portal Aprova Questões.

Questões de concurso

Resolva questões e provas de concursos anteriores

Confira Questões de Word para concurso: São 316 questões sobre o assunto para você se preparar

Questões de Excel para concurso: Essas 394 questões sobre Excel para concursos vão te ajudar muito a se sair bem nas provas

Aqui você encontra Questões de Informática para concurso: Aqui são 5802 questões de assuntos diversos sobre informática de vários concursos já realizados

Como se preparar para concurso

A disciplina de informática é bastante frequente nos concursos, mas não é a única que vai cair na prova, obviamente.

Por isso você precisa também estar bem preparado para todas as etapas da prova.

Aqui você encontra todas as disciplinas que precisam fazer parte da sua preparação. Então, como já mencionamos anteriormente, o melhor método de como estudar para concurso, tanto a disciplina de informática, quanto as demais, é apostar em um preparatório on-line.

Confira o que pode cair das principais disciplinas de concurso público:

O que cai em concurso

O que cai nas provas de concurso

Língua Portuguesa:

A disciplina de Língua Portuguesa está presente na maioria absoluta dos concursos. Sabemos que boa parte dos conteúdos dos editais já foram visto em algum momento durante a sua formação escolar, mas é importante que eles sejam revisados. Preste bastante atenção em conteúdos como: Compreensão e interpretação de textos; Tipos e gêneros textuais; Coerência e coesão textual; Formação e significado das palavras; Ortografia e acentuação; Sinais de pontuação; Morfologia; Concordância verbal e nominal; Regência verbal; Sintaxe;

No vídeo abaixo a Prof.ª Carolina Santana dá dicas de língua portuguesa para concursos públicos:

Para te ajudar a entender melhor o que pode cair na prova de Português, preparamos um post especial sobre essa disciplina. Clique aqui e confira!

Matemática:

Apesar de ser o medo de muitos concurseiros, matemática está presente em boa parte dos concursos. Por isso, fique atento aos seguintes conteúdos: Aritmética; Frações; Mínimo Múltiplo Comum (MMC) e Máximo Divisor Comum (MDC); Porcentagem; Razão e proporção; Regra de três simples e composta; Equações de 1º e 2º graus; Grandezas e medidas; Geometria; Raciocínio lógico;

Nesse vídeo, o Prof. Braian Azael dá dicas de Matemática para concursos públicos:

Raciocínio Lógico:

Essa disciplina também é bastante comum nos concursos públicos. Ela pode aparecer em provas de ensino médio ou superior. Então, preste bastante atenção e se prepare bem para essa etapa.

As principais questões são sobre: Estruturas lógicas; Lógica de argumentação; Lógica sentencial; Proposições simples e compostas; Tabelas; Equivalências; Leis de De Morgan; Operações com conjuntos; além de assuntos ligados a Noções de Matemática Finita, Estatística, Proporcionalidade e Funções;

Confira a aula do Prof. Braian Azael sobre Raciocínio Lógico para concursos:

Além dessas citadas acima, os concursos ainda pedem que os candidatos resolvam questões de Conhecimentos Específicos, para isso é preciso consultar o edital antes de começar a se preparar, já que essas questões serão sobre assuntos pertinentes a cada cargo.

Outra disciplina que pode trazer insegurança para os concurseiros é a prova discursiva. Essa prova não é de marcar X. Portanto, aqui, o candidato irá precisar elaborar um texto, ou uma resposta dissertativa. Para saber como se sair bem nessa etapa, clique aqui!

Acompanhe mais conteúdo gratuito em nosso canal do Youtube, aproveite para se inscrever e não perder mais nenhum vídeo!

Como escolher qual concurso prestar?

Como falamos no começo desse texto, as vantagens são muito atraentes. Mas não é qualquer cargo que serve para você! Antes de se inscrever é preciso ficar atento a alguns detalhes importantes.

Então confira as dicas que preparamos para te ajudar a escolher a oportunidade certa:

A primeira parte antes de se candidatar é saber o que vai ser feito no desempenho do cargo, quais as funções específicas e como é a rotina do servidor. No edital você encontra as informações sobre todas as tarefas referentes a função escolhida.

Além disso, você precisa se atentar aos detalhes como o local de trabalho. Em concursos estaduais e federais, por exemplo. Pode ser que o servidor faça a prova em uma cidade, mas depois de aprovado precise se mudar para outro distrito. Você tem essa disponibilidade?

O salário e os benefícios são outro ponto importante na escolha de uma vaga. Verifique antes de se candidatar se a remuneração é aquela que você espera e se os benefícios são atraentes. O último ponto que vamos citar é sobre a carga horária. Se engana quem imagina que servidores públicos trabalham menos. Alguns cargos exigem que o servidor trabalhe durante a noite, feriados e finais de semana. Policiais, bombeiros e médicos plantonistas, por exemplo.

Agora que você já sabe como estudar informática e as outras disciplinas para um concurso público, precisa começar a pensar em uma formação completa que vai te deixar mais perto da aprovação. Não adianta focar em apenas uma disciplina do edital. Então você precisa estar preparado para todas e conhecer bem a banca que irá organizar o concurso.

Mas calma! Nós também preparamos um conteúdo especial sobre as bancas. Clique aqui e confira!

Como ser aprovado

Conheça nossos cursos e garanta sua vaga.

Conheça nossos cursos

O Aprova oferece cursos específicos para diversos concursos públicos, desde prefeituras e câmaras municipais até grandes concursos nacionais.

Mas lembre-se que para ser aprovado em um concurso você precisa estar focado e se dedicar a sua preparação. Com foco, determinação e as videoaulas certas, você vai conquistar a vaga dos seus sonhos!

Então comece hoje mesmo a se preparar para sua aprovação!



Source link

Escola de Sargento das Armas – ESA | Cursos Online e Presenciais para Concursos



Estão abertas as inscrições para o concurso do Exército Brasileiro para preencher 1.100 vagas de sargento nas áreas de saúde (55 vagas), música (45 vagas) e geral (1.000 vagas), para ambos os sexos, com formação de ensino médio completo.

As inscrições devem ser feitas no site concurso.esa.eb.mil.br até o dia 18 de março. A taxa de inscrição é de R$ 95,00.

O Curso de Formação Graduação de Sargentos (CFGS) tem duração de dois anos. Durante os estudos, os alunos contam com auxílio financeiro de R$ 1.199,00. Depois de formados, já como terceiro sargento, os militares recebem R$ 3.825,00.

A prova objetiva e a redação estão previstas para o dia 12 de julho de 2020. As demais fases do processo seletivo incluem: análise de títulos, de 28 de setembro a 9 de outubro; exame de habilitação musical (apenas para músicos), de 5 a 9 de outubro; inspeção de saúde, de 3 a 24 de novembro; exame físico, de 3 a 25 de novembro.

A divulgação do resultado final está prevista para ocorrer até 15 de janeiro de 2021. Os candidatos aprovados serão recebidos para realização da matrícula em 8 de fevereiro.





Source link

Alterado cronograma de etapas do concurso Fundac PB


Após diversas etapas do concurso Fundac PB (Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente) serem realizadas, com organização do IBADE, foi publicada uma alteração no cronograma de atividades do certame, além da convocação dos aprovados no TAF (Teste de Aptidão Física) para o exame psicotécnico.

Anteriormente previstas para o dia 20 de fevereiro, as respostas dos recursos e o resultado final da etapa de Prova de Títulos foram remarcadas para 28 de fevereiro de 2020.

O segundo comunicado apresenta a lista de candidatos aprovados no TAF e os convoca para a etapa seguinte, o exame médico, e traz uma série de recomendações para a etapa, que será realizada no dia 08 de março de 2020. Confira abaixo:

  • O candidato deverá comparecer ao local indicado no Edital de Convocação com 30 (trinta) minutos de antecedência;
  • Deve-se portas documento de identidade original, caneta esferográfica azul ou preta e 2 (dois) lápis pretos nº 2;
  • Dormir bem na noite anterior, sendo desejável pelo menos oito horas de sono;
  • Alimentar-se adequadamente no café da manhã e almoço, se for o caso, com refeição leve e saudável;
  • Evitar a ingestão de bebidas alcoólicas.

Confira a lista de candidatos considerados aptos para a etapa de exame médico clicando AQUI.

Saiba mais: Concurso Fundac PB

CURSOS

Assinatura Anual Ilimitada*

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país. Assine agora a nossa Assinatura Anual e tenha acesso ilimitado* a todos os nossos cursos.

ASSINE AGORA – Assinatura Ilimitada

Fique por dentro dos concursos vigentes:

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2020



Source link

Como Dividir o Tempo de Estudo, Revisão e Resolução de Questões?


Como Dividir o Tempo de EstudoVocê já sabe da importância da revisão para acelerar seu aprendizado e ser aprovado em concursos, não é mesmo?

Também já sabe que a resolução de questões de provas anteriores é essencial para turbinar sua nota e garantir uma vaga entre os aprovados.

Você é um privilegiado!

A maioria não sabe disso.

Boa parte dos que estudam têm problemas de aprendizado e memorização porque acham que apenas a leitura do conteúdo já é suficiente para aprender.

Porém, nosso cérebro não funciona de maneira tão simples.

Quando você se depara com um conteúdo importante e que pode cair na prova, precisa revisar para mostrar para seu cérebro que aquilo é realmente relevante.

Com as técnicas corretas e com uma revisão eficiente, o rendimento potencializa, pois a repetição é a melhor forma de ter bons resultados e transferir o conhecimento para a memória de longo prazo.

Mas chega um ponto que bate aquele desespero e você pensa: “é tanta coisa pra estudar e ainda tenho que arranjar tempo para resolução de questões e revisão? E quanto tempo me dedico a isso?”

Bem, você REALMENTE precisa dedicar um bom tempo à revisão e resolução de questões, vamos então focar em como administrar todas essas demandas.

Hoje vamos responder algumas das perguntas que eu mais recebo:

  1. Quanto tempo de estudo devo dedicar à revisão?
  2. Quanto tempo depois de estudar a matéria devo começar a revisar e voltar a revisar?
  3. Quantas vezes devo revisar o mesmo conteúdo?
  4. Quanto tempo devo me dedicar a resolução de questões?
  5. Devo revisar só por exercícios?

 

Vamos lá!

Para início de conversa, já adianto que todas as respostas às perguntas acima vão depender de seu nível de estudo.

Então, vamos primeiro tentar descobrir aonde você anda para conseguirmos juntos responder.

Pode ser?

Antes, veja o vídeo que preparamos sobre o assunto:

 

Qual fase do estudo você está?

 

Há diversas fases do aprendizado, você poderá vê-las com detalhes no artigo “Quanto tempo devo estudar para ser aprovado em um concurso”.

Para facilitar vamos dividir essas fases em três grupos: iniciante, intermediário e avançado.

Veja em detalhes cada uma das fases:

 

Iniciantes

 

Os iniciantes são aqueles que ainda não terminaram um curso completo.

São aqueles que estão iniciando os estudos ou já estudaram, mas não conseguiram ver pelo menos uma vez todo o edital.

Ou, podem se encaixar aqui também aqueles que já estudaram todo o edital, mas quando vão fazer as questões geralmente acertam entre 30% e 50% das questões de concursos anteriores.

 

Intermediários

 

Aqueles que estão em uma fase intermediária já estudaram pelo menos uma vez todo o edital. Eles já conseguem ter uma noção dos assuntos, mas ainda não automatizaram o conhecimento.

Dificilmente terão chance de ser aprovados em concursos difíceis, mas têm boa chance de serem aprovados em concursos medianos ou “mais fáceis”.

Geralmente acertam entre 50% e 70% das questões.

 

Avançado

 

Quem chega a uma fase avançada já estudou diversas vezes todo o conteúdo do edital e já assimilou boa parte da matéria. Consegue facilmente acertar mais de 70% das questões e simulados e quando faz os concursos, se não é aprovado, fica por poucos pontos.

Mas, preciso lembrar que para alguns concursos, o nível avançado exige pontuações acima de 90%.

 

Descobriu em que fase você está?

 

Ótimo!

Agora, vamos então responder as perguntas acima com base na fase de estudo em que você está.

Vamos à primeira pergunta:

 

 

1. Quanto tempo de estudo devo dedicar à revisão?

 

tempo jornadaVou tentar tornar a resposta o mais simples possível. Mas confesso que não é uma tarefa fácil, porque como tudo na vida, depende de muitas variáveis.

Vou aqui tentar  te dar argumentos e subsídios para que você possa ,com sua capacidade de autoconhecimento, descobrir você mesmo o tempo ideal.

Basicamente, o tempo que você deverá dedicar a cada uma das etapas do estudo depende dos seguintes fatores:

  • Proximidade da prova
  • Seu nível de aprendizado

 

A proximidade do edital e seu nível de estudo podem ser muito importantes para saber quanto tempo você deve dedicar à revisão.

Para início de conversa, já vou deixar uma coisa clara:

Nas últimas semanas anteriores à prova você deverá dedicar-se exclusivamente à revisão, pois é pouco provável que conseguirá aprender novos conteúdos. Isso vale principalmente para quem está em nível intermediário e avançado de aprendizado.

Mas, vamos lá ver o tempo ideal dedicado à revisão em cada uma das fases dos estudos:

 

Iniciantes

 

Se você ainda não conseguiu ver todo o conteúdo, para você é mais importante aprender que revisar.

Então, meu amigo, é importante que você separe algum tempo todos os dias para revisão, mas a maior parte deve ser dedicada ao aprendizado dos conteúdos.

Eu sei que você gosta de número para entender melhor o que é “algum tempo”, então vai lá:

Você deve deixar de 20% a 30% do tempo de estudo para revisão.

Ou seja, se você estuda 20 horas líquidas semanais, você deveria deixar pelo menos 4 horas semanais para revisão.

Claro que isso deve ser usado com coerência, se a prova estiver próxima, é mais importante você aprender conteúdos importantes que revisar.

Isso vale também para a revisão de 2 semanas anteriores à prova. Se você não conseguiu estudar todo o edital, talvez seja interessante adicionar o estudo dos tópicos mais importantes nessas semanas, mas juntamente com a revisão.

 

Intermediários

 

Como você já viu pelo menos uma vez todo o edital e já fez algumas revisões, boa parte do conteúdo já foi assimilada.

No entanto, não pense que isso diminuirá a importância da revisão.

Você deverá continuar revisando o conteúdo por pelo menos 20% do tempo (ou mais).

É um momento de aprofundar o aprendizado e descobrir as lacunas que precisam ser preenchidas.

Nessa fase você combinará a revisão com a resolução de questões e conseguirá descobrir as falhas de aprendizado que precisam ser vencidas.

Você terá que ir retirando da revisão os conteúdos que já assimilou e concentrar-se apenas naqueles que realmente precisam ser memorizados.

 

Avançados

 

crescimentoSe você está em um nível avançado a revisão é importante para não esquecer.

Como a quantidade de conteúdos são extensas, é muito fácil esquecermos de coisas que já sabemos.

Aqui, você fará uma revisão normal de pelo menos 30% do tempo e o restante eu recomendo uma revisão indireta por meio de exercícios.

Nessa fase, você deverá voltar à teoria apenas para aprofundar, lembrar ou aprender as novidades.  O restante do tempo deverá ser dedicado quase que exclusivamente à revisão e resolução de questões.

Tempo de estudo dedicado à revisão:

  • Iniciante: entre 20% e 30% do tempo de estudo
  • Intermediário: pelo menos 20%
  • Avançado: Pelo menos 30%

 

Quero só lembrar que aqui não somos os donos da verdade, queremos apenas dar um parâmetro para você conseguir estudar da melhor maneira possível, ok?

Caso altere o tempo acima e perceba que seu desempenho está melhorando, ótimo!

Cada um tem um ritmo e estilo de estudo, você não precisa ter regras estanques.

Bem, agora que já sabemos o tempo necessário para dedicarmos à revisão, vamos a segunda pergunta:

 

2. Quanto tempo depois de estudar a matéria devo revisar?

 

Vamos iniciar a resposta com uma pergunta (super normal, tá?)

Você conhece a curva do esquecimento?

Resumidamente, ela mostra que se você não revisar o que estudou em 24 horas, 7 dias e 30 dias, reterá apenas 8% do que estudou. Caso revise é possível que lembre praticamente tudo.

Se você quiser entender um pouco melhor, veja o artigo que fizemos sobre  revisão para concursos onde aprofundamos o tema.

Pois bem, baseado no ciclo do esquecimento recomendamos que você revise o conteúdo da seguinte forma:

  • 1 dia após o aprendizado
  • 7 dias após o aprendizado
  • 30 dias após o aprendizado
  • Novamente se achar necessário (se perceber que ainda não memorizou).

 

Alguns estudos têm mostrado que precisamos revisar pelo menos sete vezes até conseguirmos colocar em nossa memória de longo prazo.

Mas antes que você surte, dizendo que não tem tempo, preciso deixar uma coisa clara:

É importante que você perceba que a revisão não é o “reestudo”, ou seja, você não terá reestudar tudo novamente.

Deverá apenas reler o que sublinhou ou grifou, as anotações que fez e o mapa mental ou o resumo já preparado, ou reler as questões chaves que você selecionou para revisão (aqueles que você percebeu que erra ou que resumem o conteúdo).

A revisão deve ser um processo bem mais rápido que o aprendizado inicial.

Caso durante a revisão você perceba que está com dificuldade em determinado assunto, estude novamente o assunto com profundidade durante sua sessão de estudos, não durante a revisão.

A revisão não é um momento de aprendizado, apenas um momento de fixação daquilo que você já aprendeu.

 

3. Quantas vezes devo revisar o mesmo conteúdo?

 

Como vimos acima, até ir para memória de longo prazo. O ideal é pelo menos uma três vezes em um intervalo de 24 horas, sete dias e 30 dias novamente. Caso perceba que não assimilou ainda o conteúdo, revise novamente.

Agora que você já sabe tudo sobre revisão, vamos às resolução de questões de provas anteriores.

 

 

 

4. Quanto tempo devo me dedicar à resolução de questões?

 

Aqui, a resposta novamente dependerá de seu estágio de aprendizado.

Mas, antes de continuarmos, quero lembrar que existe uma maneira correta de estudar por questões. Preparamos um artigo específico sobre isso, dê uma olhada:  Estudando por questões de concursos.

 

Iniciantes

 

Se você é iniciante, deverá utilizar a resolução de questões para verificação de aprendizado logo após ter lido o PDF ou visto a aula sobre o assunto.

Nessa fase, não é importante você ter um excelente desempenho ou acertar todas as questões.

A resolução de questões aqui serve apenas para você ver se aprendeu ou precisa reestudar a matéria.

Claro que “de brinde” você ganha fixação de conteúdo, mas o foco dos exercícios na primeira fase do estudo é basicamente de análise de aprendizado.

Como você ainda não tem conhecimento assimilado suficiente sobre o material, não deverá gastar muito tempo na resolução de questões.

O ideal é que você faça no máximo 10 a 20 questões. Caso tenha um desempenho ruim ou perceba que não compreendeu muito bem o conteúdo, retorne a disciplina e reestude antes de ir para o próximo capítulo.

 

Intermediários

 

Como você já estudou pelo menos uma vez todo o conteúdo do edital e já tem uma boa bagagem de algumas revisões, você deverá nessa fase aprofundar o estudo e descobrir partes importantes da matéria que ainda não transferiu para memória de longo prazo.

E a melhor maneira de conseguir isso é por meio da resolução de questões de provas anteriores.

Para aqueles que gostam de números, recomendo utilizar pelo menos 30% do tempo para o estudo de questões de provas anteriores.

A partir desse estudo, inteligente e direcionado, você deverá voltar ao estudo teórico para rever e entender as questões que não compreendeu ou que teve dificuldade.

Nessa fase tudo tem que estar redondinho, não deve deixar passar nada.

Se não entendeu uma vírgula da pergunta, deverá estudar até assimilar tudo.

Existem excelentes cursos de resoluções de questões comentadas que poderão ajudá-lo nessa fase.

Como existem diversos temas ainda a serem aprofundados, é importante que você consiga conciliar bem o tempo entre o estudo teórico, revisão e a resolução de questões.

Para não ficar confuso e para que você entenda bem nossa recomendação de divisão de tempo entre teoria, questões e revisão, temos o seguinte:

  • Revisão: pelo menos 20% do tempo
  • Estudo por questões: pelo menos 30% do tempo
  • Estudo teórico: 50% ou menos do tempo

 

Avançados

 

Nessa fase, seu estudo deverá ser quase que exclusivamente por meio de revisão e resolução de questões.

Você voltará à teoria apenas aprender sobre mudanças e novidades (que sempre ocorrem) e para relembrar e aprofundar o conteúdo.

Pelo menos 50% do seu tempo deve ser dedicado a resolução de questões, pelo menos 30% para revisão e o restante para avaliação de novidades da legislação ou estudo de tópicos que tenha muita dificuldade.

Resumindo:

  • Revisão: pelo menos 30% do tempo
  • Estudo por questões: pelo menos 50% do tempo
  • Estudo teórico: 20% ou menos do tempo

 

Vamos a um quadro resumão de nossa indicação de tempo gasto em revisão, questões e estudo teórico:

 

Fase / Tempo Iniciantes Intermediários Avançados
Revisão 20% a 30% Pelo menos 20% Pelo menos 30%
Resolução de questões Dentro do estudo teórico Pelo menos 30% Pelo menos 50%
Estudo teórico 70% a 80% 50% ou menos 20% ou menos do tempo

 

Agora vamos a outra pergunta muito importante:

 

5. Devo revisar só por exercícios?

 

A resposta aqui é bem objetiva: NÃO.

O exercício é uma excelente fonte de revisão, mas não a única.

A teoria é muita extensa e aborda muito mais temas que os colocados nos exercícios.

Ou seja, é possível que caia em sua prova detalhes que nunca foram cobrados em outras provas e você só vai conseguir assimilar essa informação se estiver em sua revisão.

Durante a revisão você pode e deve adicionar exercícios, principalmente aqueles que você tem mais dificuldade ou os que resumem o conteúdo de uma forma interessante.

Mas o estudo exclusivamente por exercícios pode ser bastante perigoso.

 

Quer dicas para estudar para Concurso Público?

 

Para otimizar ou iniciar seus estudos, indicamos a nossa Seção de Dicas para passar em Concurso Público. Nela você encontrará artigos com valiosas dicas para colocá-lo mais próximo da sua aprovação, como por exemplo:

 

Prefere dicas em vídeo?  Acesse nossa seção com dicas de concursos, melhores cursos preparatórios, guia do primeiro concurso e muito mais!

 

 

Quais os melhores cursos preparatórios?

 

Se você tem como investir tempo e dinheiro em curso preparatório, é preciso pensar bem antes para escolher um que seja adequado às suas necessidades. Afinal, é sempre um diferencial apostar em um módulo específico para a área ou cargo pretendido.

Desse modo, veja algumas opções realmente boas:

 

O Gran Cursos Online também está muito bem avaliado. De fato, tem material completo com videoaulas, além de professores de primeira linha. Assim, se você quer um curso com bom histórico de aprovação, e a possibilidade de estudar para mais de um concurso, o Gran Cursos certamente é uma ótima opção.

 

Estratégia ConcursosO Estratégia Concursos tem ótimos índices de aprovação nos principais concursos do país, pois conta com um material de qualidade e professores renomados. Ou seja, se você quer ter a certeza que está estudando pelo melhor material e, além disso, não se importa em pagar pela qualidade, o Estratégia Concursos é, com efeito, sua melhor opção.

 

O Exponencial é mais uma excelente alternativa. Igualmente aos demais cursos, é voltado para o aprendizado acelerado, mas oferece ainda o interessante serviço de coaching 100% especializado.

 

Quer conhecer outras opções? Confira no link a seguir:

 

Melhores Cursos Online para Agilizar sua Aprovação!

 

O objetivo aqui foi juntar em um só local as principais perguntas que eu recebo sobre revisão e resolução de perguntas.

Como sempre, quero lembrar que você deve utilizar todas essas informações com bom senso.

Jamais utilize qualquer ferramenta para te “escravizar” ou engessar seu estudo. Ela deve ser usada para o bem, como algo que vai melhorar sua produtividade e tranquilidade para ter um melhor aprendizado.

E lembre-se: estamos aqui para lhe ajudar na caminhada até a aprovação!

Então, já sabe: não deixe de conferir tudo nas nossas redes sociais:Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.

Bons estudos!





Source link

Prefeitura de Itapuranga – GO lana concurso com 72 vag


A Prefeitura de Itapuranga, em Gois, abriu o edital n. 001/2020 de concurso pblico. O certame est sendo realizado pelo Instituto IDIB e visa ocupar 72 vagas e 360 para formao de cadastro reserva em cargos de todos os nveis de ensino.

As oportunidades so para: Assistente Social, Educador Musical, Engenheiro Agrnomo, Engeheiro Ambiental, Fiscal de Meio Ambiente, Fiscal de Sade Vigilncia Sanitria, Mdico Auditor, Psiclogo, Agente Comunitrio de Sade, Condutor de Veculos, Executor Administrativo, Eletricista, Mecnico, Operador de Mquinas Pesadas, Soldador, Agente de Servios e Obras Pblicas, Agente de Servios Gerais, Auxiliar de Higiene e Alimentao, Gari e Vigia. As remuneraes podem chegar at R$ 7.054,00, em jornadas de 20 e 40 horas por semana.

Os interessados at 17 de maro de 2020, pelo site da organizadora. Os valores das inscries vo de R$ 70,00 a R$ 88,00.

A seleo ser por meio de provas objetivas e discursivas, agendadas para 19 de abril de 2020, na cidade de Itapuranga, podendo ser utilizadas cidades circunvizinhas dependendo da necessidade, os locais e horrios sero publicados no site do IDIB

Alm disso, haver Prova Prtica para Operador de Mquinas Pesadas.

O candidato dever comparecer ao local designado para as provas com antecedncia mnima de uma (1) hora.

O certame por dois (2) anos, a partir da homologao final dos resultados, sendo renovvel por mais 24 meses.

Solicite no formulário abaixo a versão DVD do Curso de Português para avaliação.

Solicite seu DVD no formulário abaixo:

Correios

Nível Médio = R$ 2.885,37

O correios costuma abrir concurso de surpresa. Portanto, é preciso que os interessados já comecem a se preparar.

O último concurso ocorreu em 2011 trazendo vagas em diversas áreas.

O cargo de carteiro exige nível médio e tem salário inicial de R$ 2.885,37.

O Cargo de Atendente Comercial e Operador de Triagem e Transbordo tem salário de R$ 2.348,87 (Nível Médio).

As disciplinas cobradas no último concurso foram matemática, português e informática.

As inscrições para o concurso dos Correios ainda não foram abertas, mas até lá vamos atualizando todas as informações.

Solicite no formulário abaixo a versão DVD do Curso de Português para avaliação.

Solicite seu DVD no formulário abaixo:

INSS

Nível Médio = R$ 5.344,87

O INSS solicitou 16.548 vagas para o Ministério do Planejamento, entre as quais, no mínimo, 7.580 são destinadas ao concurso INSS 2020.

Das 7.580 vagas para a nova seleção, 3.941 são para a função de técnico de seguro social, a qual requer ensino médio e tem salários de R$5.344,87. Foram solicitadas ainda 1.493 vagas para analistas em várias especialidades, as quais ainda não foram informadas, e 2.146 para perito médico.

A função de analista é voltada para quem tem ensino superior nas áreas contempladas e possui iniciais de R$7.954,09. Já para perito médico, é necessário ser formado em Medicina. As remunerações são de R$10.616,14. Para ambos os cargos o auxílio-alimentação de R$458 já está incluído.

Solicite no formulário abaixo a versão DVD do Curso de Português para avaliação.

Solicite seu DVD no formulário abaixo:

Caixa Econômica Federal

Nível Médio = R$ 3.622,40

A Caixa Econômica Federal costuma abrir concurso de surpresa. Portanto, é preciso que os interessados já comecem a se preparar.

Atualmente, o cargo de técnico bancário (Nível médio) tem salário inicial de R$ 3.622,40.

É provável que um novo concurso ocorra em breve, visto a demanda necessária de pessoal.

O banco possui um plano de cargos com 48 níveis salariais, o que proporciona uma perspectiva de crescimento profissional.

Solicite no formulário abaixo a versão DVD do Curso de Português para avaliação.

Solicite seu DVD no formulário abaixo:

IBGE

Saiu edital com 2.658 vagas em todo o Brasil!

O IBGE publicou o edital de processo seletivo destinado ao preenchimento de 2.658 vagas temporárias destinadas ao Censo Demográfico 2020.

As oportunidades são para os seguintes cargos:

• Coordenador Censitário Subárea (CCS): Estão abertas 1.343 vagas e para concorrer o candidato deve possuir o nível superior completo em qualquer área de formação, além de CNH, no mínimo, na categoria B. O salário mensal será de R$ 3.100,00;

• Agente Censitário Operacional (ACO): São 1.315 vagas e para participar o interessado deve ter nível médio completo. Os ganhos mensais serão de R$ 1.700,00.

Solicite no formulário abaixo a versão DVD do Curso de Português para avaliação.

Solicite seu DVD no formulário abaixo:

Banco do Brasil

Nível Médio = R$3.952,03

O Banco do Brasil costuma abrir concurso de surpresa. Portanto, é preciso que os interessados já comecem a se preparar.

Para quem deseja ingressar na carreira bancária, o cargo de escriturário do Banco do Brasil, exige apenas nível médio. Os aprovados trabalham em um regime de 06 horas diárias recebendo R$ 3.952,03.

O que torna o cargo atrativo é a possibilidade de ascensão profissional e a oportunidade de se tornar, no futuro, um gerente ou executivo do banco.

Solicite no formulário abaixo a versão DVD do Curso de Português para avaliação.

Solicite seu DVD no formulário abaixo:

MPU

Nível Médio = R$ 7.260,41
Nível Superior = R$ 11.345,90

A publicação do novo edital do concurso do MPU para os cargos de técnicos e analistas ocorrerá em breve.

Para concorrer ao cargo de técnico basta possuir ensino médio, com remuneração inicial de R$ 7.260,41. No caso dos analistas, com necessidade de nível superior, o inicial é de R$ 11.345,90.

Solicite no formulário abaixo a versão DVD do Curso de Português para avaliação.

Solicite seu DVD no formulário abaixo:

Banco Central

Salário de R$17.391,64

O Banco Central enviou uma solicitação para abertura de concurso, esse pedido prevê a abertura de 230 vagas e já tramita no Ministério da Economia. São 30 vagas para procurador e 200 vagas paras o cargo de analista.

Os candidatos ao cargo de analista poderão ter graduação em qualquer área e o salário mensal é de R$17.391,64. Já os interessados a função de procurador deverão possuir nível superior em Direito, inscrição na OAB e no mínimo dois anos de experiência, com remuneração de R$19.665,67, já incluso o auxílio-alimentação de R$458.

Solicite no formulário abaixo a versão DVD do Curso de Português para avaliação.

Solicite seu DVD no formulário abaixo:

Receita Federal

Mais de 2 mil vagas

A Receita federal espera a aprovação do seu pedido de concurso público com pelo menos 2.083 vagas, sendo 630 para Auditor e 1.453 para Analista. 

O cargo de analisa tributário exige nível superior e apresenta salário de R$11.639,24. Já a carreira de auditor fiscal propicia remuneração de R$20.123,53.

Solicite no formulário abaixo a versão DVD do Curso de Português para avaliação.

Solicite seu DVD no formulário abaixo:

Ibama

1.888 vagas – Nível médio = R$4.408,94

O Ibama quer preencher vagas em todas as unidades. Com as aposentadorias e desligamentos previstos, o órgão vai enviar novo pedido de concurso para 1.888 vagas.

Como já mencionado pelo próprio órgão, a nova demanda deverá ser de 759 vagas na carreira de nível médio e as demais 1.129 nas de nível superior.

Para quem tem nível médio, o Ibama proporciona remuneração inicial de R$4.408,94, enquanto para nível superior R$9.389,84, ambas com auxílio-alimentação de R$458 somado.

Solicite no formulário abaixo a versão DVD do Curso de Português para avaliação.

Solicite seu DVD no formulário abaixo:

PRF

Salário de R$10.357,88

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, afirmou que vai trabalhar para conseguir aumentar o efetivo da Polícia Rodoviária Federal (PRF), sendo assim a corporação vai enviar um novo pedido de concurso em 2020. 

Para concorrer ao cargo de policial, os candidatos precisam ter nível superior em qualquer área e de 18 a 65 anos de idade, conforme legislação. Podem concorrer homens e mulheres. A PRF exige ainda que o candidato tenha carteira de habilitação, na categoria B ou superior.

A remuneração do policial rodoviário é de R$10.357,88 em 2020, valor que já inclui o auxílio-alimentação, que atualmente é de R$458.

Solicite no formulário abaixo a versão DVD do Curso de Português para avaliação.

Solicite seu DVD no formulário abaixo:

Polícia Federal

Salário de R$12.441,26 a R$23.130,48

Com a necessidade de mais policiais federais nas fronteiras, a Polícia Federal (PF) vai realizar um novo concurso público.

Atualmente, a maior demanda é para o cargo de agente. Faltam, ao todo, 2.425 profissionais na carreira, que costuma ter grande procura pois exige nível superior em qualquer área e tem salário de R$12.441,26. Escrivão e delegado são postos que também contam com uma grande carência.

Solicite no formulário abaixo a versão DVD do Curso de Português para avaliação.

Solicite seu DVD no formulário abaixo:

Precisando de Advogado?

Inventário, Civil, Consumidor, Trabalhista etc.
Dr. Alexandre Xavier – Whatsapp: (31) 98881-0857





Source link

Inscrições Abertas! Vagas para médio e superior


Inscrições Abertas para o Concurso Público do Instituto de Previdência Própria do Município de Tatuí (Concurso TATUÍPREV), com oferta de 2 vagas para cargos de nível médio e superior. O certame é organizado pela Fundação Vunesp.

As remunerações variam entre R$1.524,42 à R$6.695,98, com jornadas de trabalho de trabalho de até 40 horas semanais.

DAS VAGAS

Os cargos, o total de vagas, os vencimentos, os requisitos exigidos e a jornada semanal de trabalho (horas) são os estabelecidos na tabela que segue:

tatuiprev - Concurso TATUÍPREV SP: Inscrições Abertas! Vagas para médio e superior

Os vencimentos dos cargos têm como referência o que dispõe o Art. 1º da Lei Municipal nº
5.379 de 03 de setembro de 2019.

Além dos vencimentos do cargo, o candidato aprovado receberá: Cesta Básica de acordo com a Lei Municipal nº 4.737 de 23 de janeiro de 2013, no valor de R$ 349,01 (trezentos e quarenta e nove reais e um centavos), fixado pelo Decreto Municipal nº 19.964 de 14 de agosto de 2019.

O candidato nomeado prestará serviços no Instituto de Previdência Própria do Município de Tatuí, dentro do horário estabelecido pela Administração: das 8h00min às 17h00min de segunda-feira a sexta-feira, obedecida a carga horária semanal de trabalho.

INSCRIÇÕES

A inscrição deverá ser efetuada, exclusivamente, pela internet, no site da Fundação VUNESP (www.vunesp.com.br) a partir das 10h00min do dia 20 de fevereiro de 2020 até às 23h59min do dia 20 de março de 2020.

O candidato deverá efetuar o pagamento da taxa de inscrição em qualquer agência bancária, até o dia 23/03/2020, nos respectivos valores que constam a seguir:

• R$ 56,50 para os cargos de ensino médio; e
• R$ 82,20 para o cargo de ensino superior

DAS PROVAS

Serão aplicadas provas objetivas de conhecimentos gerais e específicos para todos os cargos e prova prático-profissional para o cargo de Procurador, distribuídas a seguir:

  • Auxiliar Administrativo – Prova objetiva com 50 questões de múltipla escolha;
  • Procurador Autárquico – Prova objetiva com 60 questões de múltipla e prova prático-profissional.

A prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, será composta de questões de múltipla escolha com cinco alternativas cada uma, sendo apenas uma alternativa correta.

A prova objetiva terá duração:

  • a) de 3 horas para os cargos de Auxiliar Administrativo;
  • b) de 3 horas e 30 minutos para o cargo de Procurador Autárquico.

A prova objetiva será avaliada na escala de 0 (zero) a 100,00 (cem) pontos.

A nota da prova objetiva será obtida pela fórmula:
NP = (Na x 100) / Tq
Onde: NP = Nota da prova
Na = Número de acertos do candidato
Tq = Total de questões da prova objetiva

Será considerado habilitado na prova objetiva o candidato que obtiver nota igual ou
superior a 50,00 pontos.

O candidato não habilitado na prova objetiva será eliminado deste Concurso Público.

Somente serão corrigidas as provas prático-profissionais dos primeiros candidatos mais bem habilitados na prova objetiva na proporção constante do quadro a seguir:

pratico prof - Concurso TATUÍPREV SP: Inscrições Abertas! Vagas para médio e superior

A prova prático-profissional será avaliada na escala de 0 (zero) a 100,00 (cem) pontos.

A prova prático-profissional terá duração de 2 horas.

Será considerado habilitado na prova prático-profissional, o candidato que obtiver nota igual ou superior a 50,00 (cinquenta) pontos.

Todas as provas serão aplicadas na cidade de Tatuí – SP e tem data prevista para realização no dia 10 de maio de 2020.

O prazo de validade deste Concurso será de 2 (dois) anos, contado da data da homologação, prorrogável por uma única vez e por igual período, a critério da Administração.

Concurso Público Instituto de Previdência Própria do Município de Tatuí – TATUÍPREV

  • Banca organizadora Fundação Vunesp
  • Cargo Auxiliar Administrativo e Procurador Autárquico
  • Escolaridade Nível médio e superior
  • Número de vagas 2 vagas
  • Remuneração entre R$ 1.524,42 à R$ 6.695,98
  • Inscrições a partir das 10h do dia 20 de fevereiro de 2020 até às 23h59min do dia 20 de março de 2020
  • Taxa de inscrição entre R$ 52,50 à R$ 82,50
  • Data da prova 10 de maio de 2020
  • Clique aqui e Confira o Edital

Quer estudar para o Concurso TATUÍPREV SP?

Gostou desta oportunidade e deseja começar se preparar agora mesmo? Então, confira os cursos e comece a estudar para o concurso público do Instituto de Previdência Própria do Município de Tatuí:

CURSOS CONCURSO TATUÍPREV SP

Fique por dentro de todos os concursos

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2020

MELHORES CURSOS ONLINE PARA CONCURSOS 2020





Source link

Governo não atualiza tabela do Imposto de Renda e cidadão paga mais!


Durante campanha eleitoral, em 2018, o presidente Jair Bolsonaro prometeu que iria atualizar a tabela do Imposto de Renda (IR). O objetivo era aumentar os valores de renda. O tema, no entanto, segue sem mudanças. Segundo dados da Receita Federal, a faixa de isenção permanece em R$ 1.903,98 – a mesma do ano passado.

Inicialmente, Bolsonaro havia prometido que iria subir a isenção do imposto para cinco salários mínimos, que corresponderia a R$ 5.225, hoje. Em 2019, já eleito, o chefe do executivo, como de praxe, anunciou que a isenção seria para rendas de R$ 3 mil: R$ 2 mil a menos do que o valor dito inicialmente.

Isenção do IR para 10 milhões

A tabela do IR está sem correção desde o ano de 2015. Ao considerar a inflação de 2019, de 4,31%, a defasagem da tabela chega a 103,87%. Os dados são de um estudo feito pelo Sindicato dos Fiscais da Receita Federal (Sindifisco).

De acordo com o órgão, a faixa de isenção deveria ser de R$ 3.881,85 mensais. Além disso, a conta considera a inflação acumulada e não repassada integralmente para a tabela do IR desde 1996.

Se Jair Bolsonaro cumprisse a medida de isenção de acordo com os dados do Sindifisco, cerca de 10 milhões de contribuintes estariam isentos do pagamento e declaração do tributo.

Correção do IR

Para garantir a correção da tabela do IR, o governo precisaria apresentar ao Congresso um projeto de lei com disposto sobre o tema. No entanto, legalmente, o executivo federal não é obrigado a realizar um reajuste anual.

A última correção da tabela do IR foi feita em 2015. Na época, a presidente Dilma Rousseff estabeleceu um reajuste de 5,6% nas faixas salariais de cálculo. O índice foi bem inferior à inflação naquele ano, que estava em 10%.

Para onde vai o dinheiro do Imposto de Renda?

De maneira geral, o Imposto de Renda (IR) é uma tributação aplicada em todos os países do mundo. O tributo incide sobre toda pessoa física, no caso do IRPF, que tenha tido um ganho acima de um teto determinado pela Receita, a tabela de IR.

Desta forma, o cidadão deve informar anualmente seus ganhos do ano anterior para apuração e possível restituição. A Receita Federal avalia se houve coerência no pagamento dos tributos por meio de um cálculo.

Os recursos recolhidos pelo Imposto de Renda são aplicados de diversas formas e parte do valor é utilizada pelos governos federais, estaduais e municipais. O repasse de parte das verbas recolhidas é garantido constitucionalmente. Além disso, o arrecadado auxilia no funcionamento das administrações públicas.

O dinheiro, recolhido pela Receita Federal, é transferido para o Tesouro Nacional, que é o responsável pela administração do montante. O valor, então, é destinado para diversas finalidades públicas, como:

  • Financiamento de projetos de saúde;
  • Projetos educacionais;
  • Programas sociais;
  • Programas de agricultura familiar;
  • Construção de habitações populares;
  • Saneamento e revitalização de áreas degradadas;
  • Construção e recuperação de estradas;
  • Investimentos em infra-estrutura;
  • Construção de portos e aeroportos;
  • Incentivos à produção agrícola e industrial;
  • Pesquisa científica;
  • Ciência e tecnologia;
  • Cultura e esporte; e
  • Defesa do meio ambiente.

Confira também: Imposto de Renda 2020: INSS libera informe para aposentados e pensionistas





Source link

Concurso Prefeitura de Pilar do Sul SP 2020: Salários de até R$ 4.406,78!



Edital tem 09 vagas de níveis médio e superior; Inscrições até 5 de março de 2020

Em São Paulo, a Prefeitura Municipal de Pilar do Sul faz saber aos interessados a abertura de um novo edital de concurso público que tem por objetivo preencher 09 vagas em cargos de níveis médio e superior na autarquia municipal.

As oportunidades são para os cargos de Médico Clínico Geral (1); Médico Ginecologista (1); Psicólogo (1); Coordenador Pedagógico de Escola de Educação Básica (1); Diretor de Escola de Educação Básica (1); Professor de Educação Básica II – Artes (1); Agente Comunitário de Saúde (1); Fiscal (1); e Professor de Educação Básica I (1). Os salários oferecidos variam entre R$ 1.365,27 a R$ 4.406,78, por carga horária de 20 e 40 horas semanais.

INSCRIÇÃO

Os interessados em concorrer a uma das vagas poderão se inscrever até o dia 5 de março de 2020, no site oficial da banca organizadora Integri Brasil. O valor da inscrição oscila entre R$ 30,00 a R$ 50,00.

PROVAS

O concurso consistirá com provas objetivas (para todos) a ser aplicada em data provável no dia 05 de abril de 2020. O concurso público é válido por 24 meses, a contar da data de homologação do resultado final, prazo este que poderá ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério da administração municipal.

Informações do concurso
  • Concurso: Prefeitura de Pilar do Sul SP
  • Banca organizadora: Integri Brasil
  • Escolaridade: médio e superior
  • Número de vagas: 09
  • Remuneração:  R$ 1.365,27 a R$ 4.406,78
  • Inscrições: até 5 de março de 2020
  • Taxa de Inscrição: R$ 30,00 a R$ 50,00
  • Provas: até 5 de abril de 2020
  • Situação: PUBLICADO
  • EDITAL 2020



Source link