Concursos Públicos

Redação pronta sobre Digitalização na Segurança Pública: concursos carreiras policiais/banca Cespe

[ad_1]

Estrategianos, tudo em paz?

Prof. Rapha chegando na área trazendo uma redação pronta sobre a Digitalização na Segurança Pública – tema potencial para concursos de carreiras policiais.

Redação Banca Cespe:

Para fazer uma boa redação para a banca Cespe, o candidato precisa ter consciência que 95% da pontuação está diretamente relacionado ao conteúdo. Ou seja, é preciso caprichar no desenvolvimento de seus argumentos.

Como eu faço parágrafos argumentativos consistentes e bem fundamentados?

A estrutura ideal de um parágrafo argumentativo consiste em: Conectivo, tópico frasal (o Cespe já oferece praticamente essa parte por meio dos tópicos exigidos). Fundamentação (utilizar pelo menos um recurso argumentativo). Conclusão do parágrafo.

Para fazer uma boa fundamentação é obrigatório o uso de pelo menos um recurso argumentativo em cada parágrafo de desenvolvimento: argumento de autoridade, exemplificação, dados estatísticos, comparação de realidades sociais, alusões históricas, literárias e cinematográficas, etc.

Dica de ouro para fazer um excelente parágrafo argumentativo para a banca Cespe:

A banca Cespe valoriza muito o recurso argumentativo denominado “exemplificação”, isto é, citar e desenvolver pelo menos dois exemplos concretos da realidade social para defender o seu argumento. Outro recurso argumentativo que causa grande impacto nas bancas é o uso contextualizado de conceitos/reflexões de pensadores renomados (argumento de autoridade)

Então, vamos à análise de nossa redação! Tema inédito 😉

  • Digitalização na Segurança Pública:
  1. Disseminação de tecnologias no combate aos crimes.
  2. A possibilidade das novas tecnologias restringirem direitos civis.
  3. Ações que as instituições policiais devem adotar para utilizar a tecnologia de forma positiva.

Redação pronta sobre a Digitalização na Segurança Pública, utilizando a estrutura moderna:

Inicialmente, destaca-se que os recursos tecnológicos podem facilitar o trabalho dos policiais, de modo a consolidar o princípio constitucional da eficiência. Nesse sentido, a informatização da polícia é essencial às atividades de prevenção e de investigação, como se pode observar nos resultados positivos da ferramenta de reconhecimento facial que, utilizada em alguns estados, já reconheceu diversos infratores foragidos. Outra tecnologia importante é o uso de “drones”, que pode poupar a exposição do policial em operações, uma vez que consegue mapear, com precisão, o território e as atividades suspeitas. Dessa forma, a disseminação de tecnologias pode combater, com eficiência, diversos crimes.

Por outro lado, é importante que as tecnologias de combate aos crimes sejam utilizadas de forma correta, para que não haja restrição dos direitos civis. Nessa perspectiva, toda tecnologia é falha e, como depende do manuseio humano e de alimentação de dados de referência, a exemplo do reconhecimento facial, pode reforçar determinados estereótipos sociais e até mesmo confundir características físicas semelhantes. Como alerta o instituto de pesquisas MIT, o sistema de reconhecimento facial registra taxa de erro de mais de 1/3 com mulheres negras.

Portanto, as tecnologias devem ser realizadas com prudência raciona que, segundo o filósofo Aristóteles, trata-se de virtude essencial. Para isso, as instituições policiais devem oferecer cursos de formação aos agentes que irão manusear as ferramentas tecnológicas, para que se evite erros e haja respeito aos direitos civis. Ademais, é importante que as tecnologias implementadas pelos estados não possuam caráter de letalidade, com o intuito de preservar a vida e os direitos humanos previstos na Constituição brasileira.

Obs.: Grato ao Profº. Carlos Roberto, coordenador de Discursivas, pelas correções e ajustes.

Quer mais modelos de redações prontas?

A realidade prisional feminina no Brasil: https://www.estrategiaconcursos.com.br/blog/wp-admin/post.php?action=edit&post=468728

A Valorização da Vida do Policial: https://www.estrategiaconcursos.com.br/blog/wp-admin/post.php?action=edit&post=465470

Temas de Redação para as Carreiras Policiais: https://www.estrategiaconcursos.com.br/blog/wp-admin/post.php?action=edit&post=102330

Conheça nossos cursos de Discursivas:

https://www.estrategiaconcursos.com.br/pesquisa/?q=discursivas

Quem sou eu?

Sou o Professor Raphael Reis. Para quem ainda não me conhece, fica aqui uma breve apresentação: sou Professor do Estratégia Concursos desde 2016 e leciono os seguintes conteúdos: Redação (macroestrutura), Recursos, História, Filosofia e Sociologia. Fiz minha graduação em História (UFJF), especialização em Políticas Públicas e Gestão Social (UFJF) e mestrado em Sociologia da Educação (UFJF).

Nos últimos anos tenho me especializado na parte de macroestrutura da
redação. Ao perceber que a grande dificuldade dos candidatos é desenvolver argumentos bem fundamentados, criei o curso inédito e inovador de Ciências Humanas para Redação, que já atendeu milhares de alunos e têm contribuído decisivamente para a melhoria das notas. Sou autor do e-book 15 conceitos para mandar bem na redação da FCC.

Sigam-me os bons:

Instagram (@profraphaelreis)

YouTube (Professor Raphael Reis)

Telegram: t.me/profraphael

[ad_2]

Source link

Back to list