governo aprova 236 mil novas famílias; VEJA


Após novo reprocessamento do auxílio emergencial, foram aprovadas mais 236 famílias. A consulta do resultado pode ser feita pela página da Dataprev. Saiba mais.

Novos aprovados no auxílio emergencial 2021: montagem com mãos segurando notas de cinquenta reais. Do lado, é possível ver um celular com a página aberta do auxílio emergencial

Os valores das parcelas devem variar com base na composição familiar dos beneficiários. – Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

O auxílio emergencial foi prorrogado pelo governo, no sentido de transferir quatro novas parcelas no primeiro semestre de 2021. Recentemente, a Dataprev aprovou os pagamentos para mais 236 mil famílias. A consulta pode ser feita pela página da estatal ou por meio do site do Ministério da Cidadania. Vale reforçar que os novos cadastros foram autorizados após reprocessamento nos dados daqueles que já recebiam o auxílio emergencial no final de 2020.

“Mais 236 mil famílias passam a fazer parte do público de elegíveis ao auxílio emergencial 2021. Após reprocessamento de dados, elas foram consideradas aptas a receber o benefício do governo federal. (…) Desse universo de novos elegíveis, os nascidos entre janeiro e maio receberão a primeira das quatro parcelas na próxima quinta-feira (15). Os que nasceram depois de maio entram no calendário normal de repasses”, explicou o Ministério da Cidadania.

Como vai funcionar o auxílio emergencial em 2021?

Nesta rodada de pagamentos, não serão aceitas novas inscrições para o recebimento do auxílio emergencial. A Dataprev, desde o início de abril, apenas está avaliando os cadastros antigos do programa. Seu objetivo é de verificar quem continua tendo direito às parcelas, tendo em vistas as novas regras previstas na medida provisória de nº 1.039. O principal dos critérios está ligado com a renda familiar.

Ou seja, é necessário receber ganhos per capita de até meio salário mínimo e total de até três salários mínimos. Os beneficiários elegíveis, além do mais, devem ter recebido a parcela do auxílio emergencial em dezembro do ano passado. De maneira geral, o governo está liberando os novos pagamentos para os seguintes públicos:

  • Integrantes do CadÚnico;
  • Beneficiários do Bolsa Família;
  • Cidadãos que se cadastraram no auxílio emergencial do ano passado (por aplicativo ou site).

Os valores das parcelas devem variar com base na composição familiar dos beneficiários. O que isso quer dizer? As mães provedoras do lar vão receber pagamentos de R$ 375, enquanto os que moram sozinhos terão direito às cotas de R$ 150. Já os demais beneficiários, com mais de um membro no grupo familiar, farão jus às parcelas médias de R$ 250.

Bruno Destéfano

Redator

Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem “Insurgência – Crônicas de Repressão”. Atualmente, trabalha como redator web no site “Concursos no Brasil” e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe





Source link

Receita adia prazo da declaração; entenda


A Receita Federal alterou o prazo limite para o envio da declaração do Imposto de Renda 2021. Agora, as pessoas físicas podem entregar o documento até 31/05.

Prazo para declaração do imposto de renda em 2021: placa da Receita Federal, que fica em frente à sede do órgão público

Até então, a Receita recebeu 11,952 milhões de declarações do Imposto de Renda para pessoas físicas (IRPF). – Foto: Agência Senado

Devido às dificuldades impostas pela pandemia, a Receita Federal decidiu prorrogar o prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda. As pessoas físicas, agora, têm até o dia 31 de maio para realizar o procedimento. Essa mudança foi divulgada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (12/04). Também foram prorrogadas, dentro do mesmo prazo, as entregas da Declaração Final de Espólio e de Saída Definitiva do País.

“A medida visa proteger a sociedade, evitando que sejam formadas aglomerações nas unidades de atendimento e demais estabelecimentos procurados pelos cidadãos para obter documentos ou ajuda profissional. Assim, a Receita Federal contribui com os esforços do Governo Federal na manutenção do distanciamento social e diminuição da propagação da doença”, informou o órgão público.

Quem perder o prazo para enviar a declaração do IR, referente ao ano de 2020, terá que pagar multa de R$ 165,74 ou 1% do imposto devido, prevalecendo o maior dos valores. Mesmo com a prorrogação para pessoas físicas, o cronograma de restituição continua sendo o mesmo. Isso quer dizer que o primeiro lote será efetuado no dia 31 maio, enquanto o segundo e último está previsto para o dia 30 de setembro.

Declaração do Imposto de Renda em 2021

Até então, a Receita Federal recebeu cerca de 11,952 milhões de declarações do Imposto de Renda para pessoas físicas (IRPF). Isso equivale a 36% dos 32,6 milhões de documentos esperados pelo órgão público. O programa para preencher a declaração está disponível por meio do site da própria Receita Federal do Brasil. Quanto mais cedo os contribuintes realizarem o procedimento, mais rápido receberão as restituições devidas, se for o caso.

As pessoas que pretendem pagar o imposto por débito automático desde a primeira cota, em razão do adiamento do prazo limite, deverão fazer o pedido até o dia 10 de maio de 2021. “Quem enviar a declaração após esta data deverá pagar a 1ª cota por meio de DARF, gerado pelo próprio programa, sem prejuízo do débito automático das demais cotas”, complementou a Receita Federal.

Quem precisa declarar o Imposto de Renda em 2021?

A entrega do Imposto de Renda é obrigatória para as pessoas físicas que receberam, no ano passado, rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70, incluindo o 13º salário. Isso indica que a declaração deve ser feita pelos que tiveram ganhos mensais acima de R$ 1.903,98.

Veja outras situações em que a declaração possui caráter obrigatório:

  • Contribuintes que receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido maior do que R$ 40 mil em 2020;
  • Quem passou a ser residente no país em qualquer mês de 2020 e, além do mais, se encontrava nessa condição até o dia 31 de dezembro do mesmo ano;
  • Quem teve, no ano passado, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto. A regra também vale para quem realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e similares;
  • Quem recebeu, no ano passado, pelo menos uma parcela do auxílio emergencial e teve rendimentos tributáveis com valor superior a R$ 22.847,76;
  • Quem tinha, até o dia 31 de dezembro de 2020, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor superior a R$ 300 mil;
  • Quem escolheu pela isenção do imposto incidente na venda de imóveis residenciais. A regra vale para os casos em que os produtos tenham sido aplicados na compra de imóveis residenciais localizados no país, no prazo de 180 dias a partir da celebração do contrato de venda;
  • Quem teve, no ano passado, receita bruta maior do que R$ 142.798,50 em atividade rural.
Bruno Destéfano

Redator

Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem “Insurgência – Crônicas de Repressão”. Atualmente, trabalha como redator web no site “Concursos no Brasil” e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe





Source link

MEC prorroga inscrições para a primeira edição do SiSU 2021; VEJA


As inscrições para o SiSU 2021 foram prorrogadas pelo Ministério da Educação. Agora, os participantes podem fazer seus cadastros até o dia 14 de abril. Confira.

Inscrições no SiSU 2021: logo do Sistema de Seleção Unificada, o SiSU

O SiSU fornece, em caráter informativo, a nota de corte para cada uma das instituições com vagas abertas. – Foto: Reprodução/Ministério da Educação (MEC)

As inscrições para a primeira edição do SiSU 2021 (Sistema de Seleção Unificada) foram prorrogadas pelo Ministério da Educação. Agora, os estudantes podem realizar o procedimento até quarta-feira, dia 14 de abril. É necessário usar o mesmo login que havia sido cadastrado no portal de serviços do governo. Para se inscrever no SiSU 2021, os interessados devem ter feito o Enem 2020 em condição diferente de “treineiro”, desde que não tenham zerado na etapa de redação.

Vale reforçar que o SiSU é uma plataforma que, com a nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), seleciona os participantes para o ingresso em instituições de nível superior. Nesta primeira edição, cerca de 210 mil vagas serão devidamente ofertadas pelo Ministério da Educação. As oportunidades são liberadas uma vez por semestre, sendo possível escolher até duas opções por ordem de prioridade.

Inscrições do SiSU são prorrogadas; veja como usar a nota do Enem 2020

O SiSU fornece, em caráter informativo, a nota de corte para cada uma das instituições com vagas abertas. Confira, abaixo, como é possível se inscrever no SiSU usando a nota do Enem 2020:

  • Acesse o site oficial do Sistema de Seleção Unificada (SiSU);
  • Digite o mesmo número de inscrição e senha que usou para acessar o resultado do Enem 2020;
  • Informe os dados solicitados pela página do SiSU;
  • Escolha, em ordem de prioridade, até duas opções de curso. Os dados sobre notas de cortes vão ser atualizados na medida em que o sistema for recebendo novas inscrições de participantes;
  • Defina se pretende concorrer por cotas ou ampla concorrência. Lembrando não será permitida a inscrição no SiSU em mais de uma modalidade de concorrência para o mesmo curso, turno e/ou instituição de ensino;
  • Verifique os dados e confirme sua inscrição;
  • Imprima a inscrição feita pelo SiSU para obter o documento comprobatório.

Detalhe importante: alguns cursos podem exigir notas mínimas para os participantes. Se esse for o caso, o próprio sistema do SiSU 2021 deverá informar qual é a pontuação necessária para concorrer às vagas ofertadas.

SiSU 2021: cronograma atualizado

  • Inscrições no SiSU 2021: de 06 a 14 de abril;
  • Resultado da chamada única: a partir do dia 16 de abril;
  • Matrícula ou registro nas instituições de nível superior: de 19 a 23 de abril;
  • Prazo para participar da lista de espera: de 16 a 23 de abril.
Bruno Destéfano

Redator

Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem “Insurgência – Crônicas de Repressão”. Atualmente, trabalha como redator web no site “Concursos no Brasil” e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe





Source link

nascidos em março recebem HOJE; veja datas


Para os nascidos em março que não fazem parte do Bolsa Família, a primeira parcela do auxílio emergencial de 2021 será transferida neste domingo (11/04).

Auxílio emergencial para nascidos em março: dinheiro desfocado. Em destaque, texto: "novo auxílio emergencial"

O auxílio emergencial de 2021 será limitado para apenas uma pessoa de cada família. – Foto: Pixabay / montagem Concursos no Brasil

O auxílio emergencial em 2021 já começou a ser depositado para inscritos no CadÚnico e aos beneficiários que já tinham feito seus cadastros em 2020 (por site ou app). Neste domingo, dia 11 de abril, 2,45 milhões de nascidos em março vão garantir a primeira parcela do programa, com valores que variam de acordo com a composição familiar. O governo, em termos gerais, deve contemplar cerca de 45,6 milhões de famílias durante toda a nova rodada de pagamentos.

Na primeira etapa, os beneficiários não poderão tirar o dinheiro em caixas eletrônicos. Até porque os saques só vão ser liberados partir de maio. Lembrando que o calendário do auxílio emergencial para Bolsa Família foi planejado de forma diferente. Para esse público, os depósitos vão seguir as datas tradicionais do programa. Assim, a primeira parcela será transferida a partir do dia 16 de abril, sendo possível sacá-la durante esse mesmo período.

Nascidos em fevereiro recebem auxílio emergencial nesta sexta; veja calendário da 1ª parcela

Diferente de como aconteceu no ano passado, o auxílio emergencial de 2021 será limitado para apenas uma pessoa de cada família. Para garantir as novas parcelas do programa, é necessário ter recebido o benefício em dezembro de 2020. Os cidadãos, além disso, também devem atender todos os requisitos previstos na medida provisória de nº 1.039. O principal dos critérios continua o mesmo: renda per capita de até meio salário mínimo e total de até três salários mínimos.

Para os integrantes do CadÚnico e cadastros por site ou app, os pagamentos foram escalonados de acordo com o mês de aniversário desse público. A primeira parcela começou a ser depositada no dia 06 de abril para nascidos em janeiro, enquanto os aniversariantes de fevereiro receberam o dinheiro no dia 09 de abril. Confira o calendário completo da primeira parcela do auxílio emergencial de 2021:

Mês de aniversário Data de depósito Data para saque
Janeiro 06/04 04/05
Fevereiro 09/04 06/05
Março 11/04 10/05
Abril 13/04 12/05
Maio 15/04 14/05
Junho 18/04 18/05
Julho 20/04 20/05
Agosto 22/04 21/05
Setembro 25/04 25/05
Outubro 27/04 27/05
Novembro 29/04 01/06
Dezembro 30/04 04/06

Os beneficiários do Bolsa Família, por sua vez, vão receber nos últimos 10 dias úteis do mês de abril, tendo em vista os dígitos finais do Número de Identificação Social. Para os beneficiários desse programa, será possível garantir o depósito e saque ao longo do mesmo prazo. Confira as datas da primeira parcela do auxílio emergencial para Bolsa Família:

Número final do NIS Datas de pagamento
NIS 1 16 de abril de 2021
NIS 2 19 de abril de 2021
NIS 3 20 de abril de 2021
NIS 4 22 de abril de 2021
NIS 5 23 de abril de 2021
NIS 6 26 de abril de 2021
NIS 7 27 de abril de 2021
NIS 8 28 de abril de 2021
NIS 9 29 de abril de 2021
NIS 0 30 de abril de 2021
Bruno Destéfano

Redator

Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem “Insurgência – Crônicas de Repressão”. Atualmente, trabalha como redator web no site “Concursos no Brasil” e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe





Source link

Prefeitura de Cabixi – RO publica editais de processo seletivo



Em Rondônia, a Prefeitura de Cabixi abre 21 vagas para profissionais de diversos níveis de escolaridade. Confira quais são as oportunidades em disputa.

A Prefeitura de Cabixi, localizada no estado de Rondônia, divulgou dois editais de processo seletivo público destinados à contratação de profissionais de diferentes níveis de escolaridade. O processo seletivo Prefeitura de Cabixi oferta um total de 21 vagas.

As oportunidades dos certames são para atender as necessidades das seguintes Secretarias:

  • Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos;
  • Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Turismo;
  • Secretaria Municipal de Saúde;
  • Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária.

Processo seletivo da Prefeitura de Cabixi: vagas em disputa

As oportunidades ofertadas pelo processo seletivo são temporárias e o contrato terá duração de até um ano, podendo haver uma única prorrogação por igual período.

Saiba quais são as vagas disponibilizadas em cada um dos editais anunciados:

Edital n° 001/2021/PMC

As vagas desse edital são para profissionais de diferentes níveis de escolaridade. Confira:

Cargos de nível elementar

Cargo Nº de vagas Remuneração
Motorista de Veículos Leves (CNH B) 2 R$ 877,63
Motorista de Caminhão 2 R$ 877,63
Motorista Ônibus 2 R$ 877,63
Operador de Máquinas
(Carregadeira, Esteira. Retroescavadeira e Escavadeira Hidráulica)
2 R$ 877,63
Operador de Motoniveladora 2 R$ 877,63
Zeladora/Merendeira 2 R$ 877,63
Coveiro 1 R$ 877,63

Cargos de níveis médio e técnico

Cargo Nº de vagas Remuneração
Cuidadora de Crianças (Creche) 3 R$ 1.061,93 + gratificação salarial especial de R$ 250,00
Técnico em Enfermagem 1 R$ 1.168,12

Cargos de nível superior

Cargo Nº de vagas Remuneração
Médico Clínico Geral 2 R$ 1.500,00
(por plantão)

Edital n° 002/2021/PMC

Esse edital oferta duas vagas para o cargo/função de Agente Comunitário de Saúde.

Para concorrer, é necessário possuir o ensino fundamental completo e comprovar residência na área em que for atuar.

A remuneração é de R$ 1.550,00 para jornada de 40 horas semanais.

Inscrições e editais do processo seletivo Prefeitura de Cabixi

Ficou interessado em alguma das vagas? O prazo de inscrição se encerra em 18 de abril de 2021 e o cadastro deverá ser feito apenas via internet, por meio dos seguintes links:

Antes de se inscrever, leia com atenção cada um dos editais, disponíveis nos links informados acima.

Ao se cadastrar, além de preencher os dados solicitados, o candidato deverá anexar os seguintes documentos, que deverão ser digitalizados em padrão A4 no formato PDF:

  • Ficha de inscrição preenchida e assinada (modelo está disponível nos anexos do respectivo edital);
  • Documento de identificação oficial com foto;
  • Diploma, certificado ou histórico escolar da escolaridade exigida;
  • Apenas para Agente Comunitário de Saúde, comprovante de que reside na área em que vai atuar;
  • Comprovantes dos cursos, tempo de serviço e demais documentos para concorrer na prova de títulos.

Não será admitida a inscrição de candidatos que façam parte dos grupos de risco para a COVID-19.

Avaliação dos candidatos

Para avaliar os candidatos, será analisada a documentação entregue no ato de inscrição.

Essa etapa valerá até 100 pontos e poderão ser avaliados critérios como escolaridade, tempo de serviço, cursos realizados na área em que concorre, entre outros.

Critérios de desempate

Caso ocorra empate na pontuação obtida por candidatos, serão adotados os seguintes critérios de desempate, nesta ordem:

  1. Candidato de mais idade, considerando o dia, mês e ano de nascimento;
  2. Candidato com o maior número de filhos (conforme informação prestada na ficha de inscrição e documentação enviada);
  3. Sorteio.

Prazo de validade do certame

O prazo de validade do processo seletivo é de 12 meses, a contar da data de homologação do seu resultado final, podendo haver prorrogação por igual período, apenas uma vez.

Ficou com alguma dúvida?

Caso tenha permanecido com dúvidas mesmo após a leitura do edital, entre em contato com o município pelo telefone (69) 3345-2353 ou pelo e-mail [email protected]

Compartilhe



Source link

Processo seletivo Prefeitura de Itabira


Processo seletivo Prefeitura de Itabira, Minas Gerais, prorroga período de inscrições. Veja o novo cronograma e vajas ofertadas.

O Município de Itabira, Minas Gerais, em parceria com o Instituto Brasileiro de Gestão e Pesquisa (IBGP), acaba de informar aos candidatos que o prazo de inscrição para a sua mais nova seletiva foi prorrogado. Regido pelo edital nº 01/2021, o processo seletivo Prefeitura de Itabira tem a oferta de 72 vagas imediatas.

Os interessados agora têm até as 15h59 do dia 09 de abril de 2021 para confirmar a participação. A inscrição para o processo seletivo Prefeitura de Itabira pode ser efetuada no site do IBGP. O custo é de apenas R$ 40,00 para as vagas de nível médio/técnico e de R$ 50,00 para as de nível superior.

Processo seletivo Prefeitura de Itabira: cargos e vagas

As oportunidades e quantidade de vagas no processo seletivo Prefeitura de Itabira são:

  • Assistente de Vida Diária – 2 vagas e vencimento de R$ 1.186,96;
  • Especialista em Educação – 3 vagas e vencimento de R$ 2.214,51;
  • Professor de Educação Infantil e Séries Iniciais do Ensino Fundamental – Atendimento Educacional Especializado – 28 vagas e vencimento de R$ 2.214,51;
  • Professor de Educação Infantil e Séries Iniciais do Ensino Fundamental – Regência de Classe – 25 vagas e vencimento de R$ 2.214,51;
  • Professor de Séries Finais do Fundamental – Ciências – 01 vaga e vencimento de R$ 2.214,51;
  • Professor de Séries Finais do Fundamental – Educação Física – 07 vaga e vencimento de R$ 2.214,51;
  • Professor de Séries Finais do Fundamental – Ensino Religioso – 01 vaga e vencimento de R$ 2.214,51;
  • Professor de Séries Finais do Fundamental – Informática – 05 vagas e vencimento de R$ 2.214,51.

Processo seletivo Prefeitura de Itabira : provas

A prova objetiva online do processo seletivo Prefeitura de Itabira será de caráter eliminatório e classificatório, que será aplicada a todos os cargos em plataforma/sistema online. A data provável de aplicação é o dia 18 de abril de 2021.

O horário de aplicação varia conforme o cargo escolhido pelo candidato. A etapa de prova de títulos possui caráter classificatório.

Todos os detalhes adicionais sobre o processo seletivo Prefeitura de Itabira devem ser atentamente conferidos no edital completo.

Alberto Vicente

Redator

Formado em Letras pela UEFS, colabora com o time Concursos no Brasil desde 2011, produzindo conteúdos sob medida para os seus leitores. Começou a escrever textos para a internet no ano de 1997 e não parou mais.

Compartilhe



Source link

Bolsonaro critica pesquisa do IBGE sobre nível de emprego


Conforme pesquisa recente do IBGE, aproximadamente 14,3 milhões de brasileiros desempregados no primeiro trimestre de 2021. Bolsonaro criticou a metodologia.

Pesquisa do IBGE sobre nível de emprego: Bolsonaro em pronunciamento

Bolsonaro defendeu que a pesquisa também mostre a estatística sobre os empregos sem carteira assinada. – Foto: Alan Santos/PR (Palácio do Planalto)

O presidente da República, Jair Bolsonaro, voltou a criticar a pesquisa sobre níveis de emprego que é realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na última quinta-feira (08/04), o chefe do Executivo disse que a metodologia poderá mudar com a nova gestão, já que a presidente do IBGE, Susana Guerra, pediu demissão do cargo. A Pnad Contínua já havia sido criticada por Bolsonaro há dois anos.

“Estamos criando empregos formais mês a mês. Mas tem aumentado o desemprego por causa dessa metodologia do IBGE que atendia ao governo da época. No meu entender, é o tipo (de metodologia) errado. Pode mudar. É só ver o número de carteiras assinadas mês a mês. Saber se está aumentando e quantos estão na informalidade”, argumentou Bolsonaro durante entrevista para a CNN.

Ao todo, a recente pesquisa do IBGE apontou cerca de 14,3 milhões de brasileiros desempregados no primeiro trimestre de 2021. Esse é o pior quantitativo já registrado desde o início da Pnad Contínua, que começou a ser realizada no ano de 2012. Para o presidente Jair Bolsonaro, o aumento no nível do desemprego pode ser explicado pela crescente demanda por postos informais.

Ele defendeu que a pesquisa também mostre a estatística sobre os empregos sem carteira assinada. “Vendiam churrasquinho de gato, água mineral no sinal, um biscoito na praia, um sorvete na arquibancada de futebol…”, complementou Bolsonaro ao longo da mesma entrevista. “Não tem mais como catar latinha por aí, procuraram emprego”.

Após cortes de 96% no orçamento, novo concurso IBGE é suspenso

Em razão dos cortes no orçamento, o concurso IBGE foi suspenso e, por sua vez, a presidente do instituto, Susana Guerra, acabou pedindo demissão do cargo. As provas do certame estavam previstas para acontecer nos dias 18 e 25 de abril, mas foram adiadas por tempo indeterminado. Segundo o aviso de suspensão, o IBGE e o Cebraspe devem, em breve, avaliar um novo prazo.

Tudo vai depender do posicionamento do Ministério da Economia em relação ao orçamento para o Censo Demográfico. Vale ressaltar, no entanto, que o cronograma de provas foi suspenso para os cargos de Agente Censitário Municipal (ACM), Agente Censitário Supervisor (ACS) e Recenseador. Juntos, os postos contemplam 204.307 vagas. As demais seleções ainda não foram alteradas.

Continua, dessa maneira, preservado o calendário de atividades para Agente de Pesquisa e Mapeamento, Agente de Pesquisa por Telefone, Supervisor de Coleta e Qualidade e Supervisor de Pesquisas. Neste ano de 2021, o concurso IBGE contou com seis editais para o total de 210.807 vagas temporárias. As seleções estão sendo organizadas pelo Cebraspe e pelo IBFC.

Bruno Destéfano

Redator

Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem “Insurgência – Crônicas de Repressão”. Atualmente, trabalha como redator web no site “Concursos no Brasil” e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe





Source link

Ex-presidente do IBGE diz que Censo é fundamental para futuro do país


Susana Guerra pediu demissão após o Congresso Nacional reduzir o orçamento destinado para a realização do Censo Demográfico. Saiba os detalhes em nossa matéria.

Censo Demográfico em 2021: enquadramento em funcionário do IBGE usando aparelho de pesquisa e estatística

“Mais do que nunca será fundamental para o futuro do Brasil”, afirmou a ex-presidente do IBGE. – Foto: Simone Mello/Agência IBGE Notícias

A ex-presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Susana Cordeiro Guerra, deixou o cargo nesta sexta-feira, dia 09 de abril. Em carta de despedida encaminhada para os funcionários do órgão federal, a economista ressaltou a importância da realização do Censo Demográfico e fez um apanhado de sua atuação durante os dois anos e dois meses à frente do IBGE. “Mais do que nunca será fundamental para o futuro do Brasil”, afirmou.

Susana Guerra pediu demissão após o Congresso Nacional reduzir o orçamento destinado para a realização do Censo Demográfico. Inclusive, as provas do concurso IBGE para Agente Censitário Municipal (ACM), Agente Censitário Supervisor (ACS) e Recenseador acabaram sendo suspensas pelo mesmo motivo. Juntos, os cargos abrangem 204.307 vagas. O destino dessas seleções depende de parecer do Ministério da Economia sobre o orçamento do Censo.

“Tenho a convicção de que conseguimos lançar bases sólidas para que a operação censitária seja implementada. O próximo Censo terá, como lastro, o aprendizado e os avanços técnicos viabilizados nos últimos meses, mas também se apoiará na expertise e na experiência construídas pelos ibgeanos ao longo de décadas”, a ex-presidente do IBGE escreveu em carta de despedida.

Como fica o concurso IBGE para Censo Demográfico e as demais seleções?

Em razão dos cortes no orçamento do Censo Demográfico, foram suspensas as provas do concurso IBGE para os cargos de Agente Censitário Municipal, Agente Censitário Supervisor e Recenseador. A etapa eliminatória estava prevista para ocorrer durante os dias 18 e 25 de abril, mas acabaram sendo adiadas. Em comunicado, o Cebraspe disse que, em breve, um novo prazo pode ser definido.

Lembrando que as demais seleções, até então, ainda não foram alteradas. Continua mantido o calendário de atividades para Agente de Pesquisa e Mapeamento, Agente de Pesquisa por Telefone, Supervisor de Coleta e Qualidade e Supervisor de Pesquisas. Ao todo, o IBGE abriu seis editais neste ano de 2021. As oportunidades foram distribuídas da seguinte maneira:

  • Recenseador: 181.898 vagas para o Censo Demográfico;
  • Agente Censitário Municipal (ACM): 5.450 vagas para o Censo Demográfico;
  • Agente Censitário Supervisor (ACS): 16.959 vagas para o Censo Demográfico;
  • Agente de Pesquisa e Mapeamento: 5.623 vagas;
  • Agente de Pesquisa por Telefone: 300 vagas;
  • Supervisor de Coleta e Qualidade: 552 vagas;
  • Supervisor de Pesquisas: 25 vagas.
Bruno Destéfano

Redator

Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem “Insurgência – Crônicas de Repressão”. Atualmente, trabalha como redator web no site “Concursos no Brasil” e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe





Source link

Prefeitura de Quirinópolis – GO lança seleções com 146 VAGAS


Há 146 vagas abertas nas Secretarias Municipais de Saúde e de Urbanismo e Obras Públicas da Prefeitura de Quirinópolis, Goiás.

A Prefeitura de Quirinópolis, Goiás, está realizando processo seletivo simplificado para prover temporariamente novos postos de trabalho. As chances estão distribuídas entre as Secretarias Municipais de Urbanismo e Obras Públicas e de Saúde.

Ambos os editais possuem a mesma numeração 001/2021. De acordo com o primeiro edital nº 001/2021 (Urbanismo e Obras Públicas), serão preenchidas 113 vagas imediatas, além de cadastro reserva.

Já o segundo edital nº 001/2021 da Secretaria de Saúde, está previsto o preenchimento de 33 vagas, mais o cadastro de reserva.

As inscrições para ambos os processos podem ser realizadas no site da Prefeitura de Quirinópolis, bastando fazer o seguinte:

  • Até o dia 09 de abril de 2021 – clicar no link “Processo Seletivo Simplificado da Secretaria Municipal de Urbanismo e Obras Públicas – Edital nº 001/2021″; ou
  • De 12 a 15 de abril de 2021 – clicar no link “Processo Seletivo Simplificado da Secretaria Municipal de Saúde – Edital nº 001/2021″.

Não haverá custo algum para o candidato.

Cargos da Prefeitura de Quirinópolis

Para a Secretaria Municipal de Urbanismo e Obras Públicas, os cargos são os seguintes:

  • Eletricista;
  • Pedreiro;
  • Encarregado;
  • Motorista;
  • Serviços Gerais;
  • Operador de Máquina;
  • Gari Coletor;
  • Mestre de Obra;
  • Mecânico;
  • Borracheiro;
  • Soldador;
  • Lavador;
  • Cozinheiro;
  • Coveiro.

Esses funcionários, ao serem contratados, receberão mensalmente vencimentos de R$ 1.100,00 ou R$ 1.141,00.

Para a Secretaria Municipal de Saúde, são estas as vagas:

  • Serviços Gerais – 40 horas e vencimento de R$ 1.100,00;
  • Guarda – 40 horas e vencimento de R$ 1.100,00;
  • Cozinheira – 40 horas e vencimento de R$ 1.141,00; e
  • Auxiliar de Cozinha – 40 horas e vencimento de R$ 1.100,00.

Critérios de classificação no seletivo Prefeitura de Quirinópolis

A classificação dos candidatos inscritos será pautada pelos seguintes critérios de pontuação:

  • Ensino fundamental incompleto – 4 pontos;
  • Experiência profissional – 3 pontos (0,6 ponto para cada ano completo de serviço, sendo o máximo de 5 anos);
  • Capacidade de trabalhar em equipe e comportamento ético nas relações sociais e de trabalho (carta de apresentação) – 3 pontos, no máximo.

Como se observa, a pontuação máxima será de 10 pontos.

Contratação

Quando os selecionados forem convocados, será importante atentar para os requisitos exigidos pela Prefeitura de Quirinópolis.

Entre essas exigências, estão as seguintes:

  • Não possuir contrato temporário com o município ativo em 2021;
  • Ter idade mínima de 18 anos;
  • Estar quite com a Justiça Eleitoral e com o Serviço Militar (sexo masculino);
  • Não ter sofrido penalidades incompatíveis com a função pública;
  • Não ser servidor público comissionado, a não ser que peça exoneração;
  • Não ser servidor efetivo de Quirinópolis;
  • Não estar aposentado compulsoriamente;
  • Não ser servidor da União, do Estado, de outros municípios e do Distrito Federal;
  • Não receber proventos de aposentadoria ou remuneração de cargo, emprego ou função pública fora do previsto na legislação.

Editais completos da Prefeitura de Quirinópolis

Para ter acesso aos editais completos, contendo todas as atualizações, visite o site oficial da Prefeitura deQuirinópolis.

Alberto Vicente

Redator

Formado em Letras pela UEFS, colabora com o time Concursos no Brasil desde 2011, produzindo conteúdos sob medida para os seus leitores. Começou a escrever textos para a internet no ano de 1997 e não parou mais.

Compartilhe



Source link