Concursos Públicos – Apostilas em PDFs – Rateio Concursos – Cursos Online

Estratégia Concursos – rateio.org – Cursos PDFs

Prefeitura de Buíque – PE lança edital de seleção simplificada


A Prefeitura de Buíque, no estado de Pernambuco, abre seleção pública simplificada para contratação de novos temporários.

Aberta nova seleção pública simplificada para cadastro de reserva na Prefeitura de Buíque, estado de Pernambuco. Os candidatos interessados em participar da concorrência serão selecionados pelos seus currículos.

As inscrições podem ser feitas dias 29 e 30 de abril de 2021:

  • no Salão de Reunião da Secretaria Municipal de Educação, Avenida José Emílio de Melo, nº 342, Centro;
  • na Biblioteca Municipal Graciliano Ramos, Praça Nano Camelo, Centro; e
  • no Auditório da Escola Municipal Engenheiro Klaysson de Freitas Araújo, Rua Dr. João Hieceno Alves Maciel, 194.

O horário de atendimento será das 08h às 14h, de segunda a sexta feira.

Todos deverão comparecer respeitando as normas de vigilância sanitária (distanciamento social, uso de máscaras e disponibilização de álcool 70%).

O link para pagamento da taxa de inscrição encontra-se no edital completo. Os valores são de R$ 30,00, R$ 50,00 e R$ 70,00, dependendo da vaga disputada.

Funções disponíveis na Prefeitura de Buíque

Nível superior:

  • Médico Psiquiátrico – R$ 8.670,00 mensais;
  • Psicólogo – R$ 2.000,00 mensais;
  • Farmacêutico – R$ 2.000,00 mensais;
  • Assistente Social/CAPS – R$ 1.100,00 mensais;
  • Médico da Atenção Primária – R$ 9.200,00 mensais;
  • Enfermeiro da Atenção Primária – R$ 2.000,00 mensais;
  • Odontólogo para Saúde Bucal da Atenção Primária – R$ 2.000,00 mensais;
  • Fonoaudiólogo NASF – R$ 2.000,00 mensais;
  • Médico Plantonista – R$ 9.200,00 mensais;
  • Enfermeiro Plantonista – R$ 2.000,00 mensais;
  • Assistente Social Diarista – R$ 1.100,00 mensais;]
  • Biomédico Diarista – R$ 2.000,00 mensais;
  • Farmacêutico Diarista – R$ 2.000,00 mensais;
  • Fisioterapeuta Respiratório – R$ 2.000,00 mensais;
  • Assistente Social CRAS – R$ 1.300,00 mensais;
  • Assistente Social CREAS – R$ 1.300,00 mensais;
  • Psicólogo CRAS – R$ 1.300,00 mensais;
  • Psicólogo CREAS – R$ 1.300,00 mensais;
  • Educador Social/Orientador Social – R$ 1.100,00 mensais;
  • Psicólogo – Centro de Referência de Atendimento à Mulher Vítima de Violência – R$ 1.300,00 mensais.

Nível fundamental:

  • Analista de Programas de Vigilância Sanitária/Endemias – R$ 1.100,00 mensais;
  • Analista de Programas de Vigilância Epidemiológica – R$ 1.100,00 mensais;
  • Analista de Programas do Programa Nacional de Imunização – R$ 1.100,00 mensais;
  • Analista de Programas de Atenção Primária – R$ 1.100,00 mensais;
  • Recepcionista para Unidades de Atenção em Saúde Primária – R$ 1.100,00;
  • Cozinheiro (a) Hospitalar – R$ 1.100,00 mensais;
  • Maqueiro Hospitalar – R$ 1.100,00 mensais;
  • Auxiliar de Lavanderia Hospitalar  – R$ 1.100,00 mensais;
  • Auxiliar de Serviços Gerais Hospitalar – R$ 1.100,00 mensais;
  • Recepcionista – R$ 1.100,00 mensais;
  • Agente de Merenda e Zeladoria Escolar – R$ 1.100,00 mensais;
  • Agente de Serviços Gerais – Setor Educacional – R$ 1.100,00 mensais;
  • Motorista – R$ 1.100,00 mensais;
  • Guarda Municipal – R$ 1.100,00 mensais;
  • Arte Educador – Arte Grafite – R$ 1.100,00 mensais;
  • Arte Educador – Artesanato – R$ 1.100,00 mensais;
  • Arte Educador Artes Visuais e Plásticas – R$ 1.100,00 mensais;
  • Arte Educador Música – R$ 1.100,00 mensais;
  • Arte Educador – Esporte e Dança – R$ 1.100,00 mensais;
  • Coveiro – R$ 1.100,00 mensais;
  • Operador de Dessalinizador – – R$ 1.100,00 mensais;
  • Agente de Apreensão de Animais – R$ 1.100,00 mensais;
  • Agente de Serviços Gerais – R$ 1.100,00;
  • Mecânico – R$ 2.000,00;
  • Eletricista – R$ 2.000,00.

Nível médio/técnico:

  • Técnico em Enfermagem – R$ 1.100,00 mensais;
  • Técnico em Saúde Bucal – R$ 1.100,00 mensais;
  • Técnico em Enfermagem Plantonista – R$ 1.100,00 mensais;
  • Técnico em Radiologia Plantonista – R$ 1.100,00 mensais;
  • Técnico em Laboratório Diarista – R$ 1.100,00 mensais;
  • Copeiro (a) Hospitalar – R$ 1.100,00 mensais;
  • Condutor de Ambulância – R$ 1.100,00 mensais;
  • Monitor de Creche – R$ 1.100,00 mensais;
  • Cuidador para Alunos Especiais Mental e outras necessidades – R$ 1.100,00 mensais;
  • Agente Administrativo – R$ 1.100,00 mensais.

Magistério:

  • Professor de Educação Infantil (Pré – Escola) – R$ 1.100,00 mensais;
  • Professor de Ensino Fundamental I – R$ 1.100,00 mensais;
  • Professor de Ensino Fundamental I – Matemática – R$ 1.100,00 mensais;
  • Professor de Ensino Fundamental I – Português – R$ 1.100,00 mensais;
  • Professor de Ensino Fundamental I – Ciências – R$ 1.100,00 mensais;
  • Professor de Ensino Fundamental I – História – R$ 1.100,00 mensais;
  • Professor de Ensino Fundamental I – Geografia – R$ 1.100,00 mensais;
  • Professor de Ensino Fundamental I – Educação Física – R$ 1.100,00 mensais.

Avaliação curricular da Prefeitura de Buíque

A avaliação curricular, como dissemos, será a etapa única do processo seletivo Prefeitura de Buíque. O valor total será de 100  pontos.

Os itens passíveis de pontuação serão a experiência profissional, as capacitações profissionais e demais cursos/títulos de qualificação.

Alberto Vicente

Redator

Formado em Letras pela UEFS, colabora com o time Concursos no Brasil desde 2011, produzindo conteúdos sob medida para os seus leitores. Começou a escrever textos para a internet no ano de 1997 e não parou mais.

Compartilhe



Source link

Processo seletivo Prefeitura de Campo Redondo


Processo seletivo Prefeitura de Campo Redondo, estado do Rio Grande do Norte, possui oportunidades na área da educação para níveis médio e superior.

Foi publicado o edital n° 01/2021 do processo seletivo Prefeitura de Campo Redondo, estado do Rio Grande do Norte, que terá formação de cadastro reserva para Bolsista Educador.

Vagas do processo seletivo Prefeitura de Campo Redondo

Como informado, haverá formação de cadastro reserva para Bolsista Educador com salário de R$ 1.100,00 mensais.

É preciso ter formação nível superior em Pedagogia ou Licenciatura; ou ter nível médio completo, preferencialmente, formação em magistério ou estar regularmente matriculado em instituição de ensino superior, no curso de Pedagogia ou Licenciatura.

Processo seletivo Prefeitura de Campo Redondo: inscrições

Os registros podem ser feitos entre 19 e 20 de abril de 2021.

As inscrições ocorrerão presencialmente das 08h às 13h, no Centro Administrativo José Alberany de Souza, na Secretaria Municipal de Administração, em Campo Redondo.

É necessário a entrega dos documentos listados abaixo conforme determina o edital:

  • Ficha de inscrição impressa, após a conclusão da inscrição, devidamente assinada;
  • Currículo padronizado, na forma do Anexo VI, acompanhado dos Anexos IV e VII, devidamente preenchidos, que deverão ser acondicionados em envelope lacrado e identificado na parte externa (Anexo V);
  • RG;
  • CPF;
  • Carteira de Identidade (frente e verso);
  • Certificado de Reservista para candidatos do sexo masculino;
  • Comprovante de Residência;
  • Comprovante de conclusão ou de que está cursando licenciatura plena, devidamente registrado por órgão competente;
  • Comprovante de conclusão do Ensino Médio, preferencialmente em Magistério, devidamente registrado por órgão competente;
  • Comprovante do curso de Especialização, desde que constem no referido documento, a data de conclusão e aprovação do Trabalho de Conclusão de Curso;
  • Apresentação de declaração de não acumulação de cargo/emprego/função pública – Anexo VII;
  • Documento comprovando experiência profissional em atividade de ministrar aulas para educação de jovens e adultos.
  • Carteira de trabalho (CTPS);

Não haverá cobrança de taxa.

Prova de títulos

A seleção do certame consistirá em uma prova de títulos:

  • Pedagogo e/ou Licenciado (Reconhecido oficialmente): 3 pontos
  • Especialização (Reconhecido oficialmente): 2 pontos
  • Cursando pedagogia ou curso de licenciatura: 2 pontos
  • Magistério ou Ensino Médio: 1 ponto

Além disso, haverá contagem de experiência em atividade docente em Educação de Jovens e Adultos:

  • Até 24 meses: 1 ponto;
  • Acima de 24 até 36 meses: 2 pontos;
  • Acima de 36 até 48 meses: 3 pontos;
  • Acima de 48 até 60 meses: 4 pontos;
  • Acima de 60 meses: 5 pontos.

Edital completo

O edital completo pode ser lido no site do Diário Oficial dos Municípios do Rio Grande do Norte. Utilize o código identificador: 1045B462.

Carlos Rocha

Redator

Jornalista formado (UFG), atualmente redator no site Concursos no Brasil. Foi roteirista do Canal Fatos Desconhecidos (YouTube) por um ano e meio. Produziu conteúdo de podcast para o Deezer. Fez parte da Rádio Universitária (870AM) por três anos e meio como apresentador no Programa Fanático e como repórter, narrador e comentarista da Equipe Doutores da Bola. Fã de futebol, NFL e ouvinte de podcast.

Compartilhe



Source link

Processo seletivo Prefeitura de Curralinhos


Processo seletivo Prefeitura de Curralinhos: novo edital abre vagas para contratação de professores. Confira vagas, como se inscrever e remuneração.

Foi retificado o edital nº 001/2021 referente ao processo seletivo Prefeitura de Curralinhos, no estado do Piauí. A seleção espera contratar professores que supram as demandas da rede municipal de ensino.

A retificação alterou o período e forma de inscrições. Continue acompanhando a matéria e saiba os detalhes.

Vagas do processo seletivo Prefeitura de Curralinhos

Ao todo, são 22 vagas imediatas disponíveis, além de 45 cadastros de reserva. Confira as funções, cujos salários serão de R$ 1.443,08:

  • Professor de Séries Iniciais e Educação Infantil;
  • Professor de Ciências; 
  • Professor de Português;
  • Professor de Matemática;
  • Professor de Artes;
  • Professor de Educação Física;
  • Professor de Geografia;
  • Professor de História; e
  • Professor de Inglês.

Processo seletivo Prefeitura de Curralinhos: inscrições

E então, você ficou interessado em concorrer às vagas do processo seletivo Prefeitura de Curralinhos?

Inscreva-se presencialmente na sede da Secretaria Municipal de Educação (rua Manoel Pereira Lopes, s/n, Centro), nos dias 15, 16, 19 e 20 de abril de 2021.

É possível solicitar participação também via internet, até a data prevista de 21 de abril de 2021. Para isso será necessário entrar em contato com o endereço de e-mail [email protected]

Será necessário efetuar o pagamento de taxa no valor de R$ 25,00.

Classificação, contratação e edital completo

A nota final classificatória do processo seletivo Prefeitura de Curralinhos será proveniente tão somente da avaliação curricular (análise de títulos) e entrevista técnica. É provável que o resultado final seja divulgado no dia 05 de maio de 2021.

A avaliação curricular e da experiência profissional valerá até 10 pontos. A entrevista técnica irá avaliar os seguintes itens:

  • Dicção;
  • Postura;
  • Desenvoltura nos temas;
  • Vocabulário;
  • Conhecimento pedagógico acerca da lei 9.394/96 – Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional.

As convocações para a contratação serão realizadas em obediência rigorosa à lista classificatória final, na ordem decrescente, conforme a quantidade de vagas disponíveis para preenchimento.

A seletiva de Curralinhos tem validade de 12 meses, com possibilidade de prorrogação por semelhante período.

O edital retificado está disponível no site do Diário Oficial dos Municípios, edição de 16 de abril de 2021, página 172.

Márcia Andréia

Redatora

Jornalista no Portal Concursos no Brasil, estudou Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduanda em Publicidade e Propaganda pela Faculdade Dom Alberto.
Atuou na produção da Record Bahia, na assessoria de comunicação da Prefeitura de Correntina – BA, na redação do Jornal do Sudoeste, dentre outras atividades na área de propaganda.

Compartilhe



Source link

Processo seletivo Prefeitura de Nonoai


Processo seletivo Prefeitura de Nonoai, no estado Rio Grande do Sul, abre 17 vagas para contratação imediata. Vencimento de até R$ 1.657,75.

A Prefeitura de Nonoai, localizada no estado do Rio Grande do Sul, divulgou o edital de processo seletivo nº 01/2021 destinado a contratação de profissionais temporários. O processo seletivo Prefeitura de Nonoai oferta 17 vagas para contratação imediata.

A empresa Legalle Concursos é a responsável por organizar a seleção.

Cargo do Processo Seletivo Prefeitura de Nonoai

Cargo Número de vagas Vencimentos
Motorista 04 R$ 1.326,20
Operador de Máquinas 09 R$ 1.657,75
Operário 04 R$ 1.027,81

Como se inscrever?

Os interessados em participar deste processo seletivo devem realizar suas inscrições, exclusivamente via internet, por meio do endereço eletrônico da banca organizadora, a Legalle Concursos, até o dia 26 de abril de 2021.

O valor para inscrição no processo seletivo Prefeitura de Nonoai será de R$ 22,55.

Atenção: para os candidatos que não dispõem de acesso à internet, será disponibilizado computador junto ao Centro de Referência a Assistência Social – CRAS, na Avenida Rocha Loires, n° 240, Centro, no horário das 13h30 às 17h, de segunda a quinta-feira, e das 07h às 13h na sexta-feira.

Etapas de seleção

Os candidatos inscritos serão avaliados por meio de provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, que estão previstas para serem aplicadas no dia 08 de maio de 2021.

As provas serão compostas por 35 questões, distribuídas da seguinte maneira:

  • Língua Portuguesa: 10 questões;
  • Matemática: 05 questões;
  • Conhecimentos Gerais: 05 questões;
  • Legislação e Conhecimentos Específicos: 15 questões.

Haverá ainda a etapa de prova prática, de caráter classificatório e eliminatório, para todos os cargos. Serão avaliados os 10 primeiros colocados, na etapa anterior, de cada cargo.

Mais informações sobre o Processo Seletivo da Prefeitura de Nonoai

O processo seletivo terá validade por 120 dias, contados a partir da data de homologação do resultado final, podendo ser prorrogado uma única vez, por igual período, a critério da Administração Municipal.

Outras informações sobre o certame, como conteúdo das provas objetivas e atribuições do cargo, você confere no edital completo que está disponível no site da Legalle Concursos

Márcia Andréia

Redatora

Jornalista no Portal Concursos no Brasil, estudou Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduanda em Publicidade e Propaganda pela Faculdade Dom Alberto.
Atuou na produção da Record Bahia, na assessoria de comunicação da Prefeitura de Correntina – BA, na redação do Jornal do Sudoeste, dentre outras atividades na área de propaganda.

Compartilhe



Source link

Prefeitura de Jaguaruna – SC anuncia chamamento público



Chamamento público da Prefeitura de Jaguaruna vai preencher vagas para profissionais com remunerações de até R$ 13 mil. Confira os cargos em disputa.

Foram liberados novos editais referentes ao chamamento público Prefeitura de Jaguaruna, no estado de Santa Catarina.

Todas as oportunidades são temporárias para atuação junto às secretarias municipais.

Confira os detalhes sobre cada uma dos editais:

Edital nº 007/2021

O edital nº 007/2021 vai preencher uma vaga, além de formar cadastro reserva, para o cargo de Engenheiro Químico.

A contratação ocorrerá pelo prazo máximo de seis meses. A remuneração é de R$ 2.921,42 para atuação em jornada de 30 horas semanais.

Edital nº 008/2021

Esta seleção oferta uma vaga para o cargo de Médico Regulador, além de vagas de cadastro reserva, dependendo da necessidade, oportunidade e conveniência para contratação, conforme interesses da Administração Pública de Jaguaruna.

A remuneração ofertada será de R$ 13.445,49 para jornadas de 20 horas semanais.

Edital nº 009/2021

Já o edital nº 009/2021 oferta uma vaga, mais cadastro de reserva, para o cargo de Agente Comunitário de Saúde. O profissional terá jornada de 40 horas semanais e remuneração de R$ 1.550,00 + adicional de 20% de insalubridade.

Esta função requer nível fundamental completo, curso na área e residir na comunidade de atuação.

Chamamento público Prefeitura de Jaguaruna: inscrições

As inscrições para o chamamento público Prefeitura de Jaguaruna variam conforme o edital:

  • Edital nº 007/2021: inscrições serão feitas entre 15 e 16 de abril de 2021;
  • Edital nº 008/2021: inscrições serão feitas entre 15 e 18 de abril de 2021;
  • Edital nº 009/2021: inscrições serão feitas entre 15 e 19 de abril de 2021.

Para isso, será necessário enviar a ficha preenchido, disponível nos editais, para o e-mail: [email protected].

Forma de seleção dos candidatos

O chamamento público Prefeitura de Jaguaruna será composto apenas por análise curricular. A pontuação e itens a serem avaliados varia conforme o edital. Mas, em linhas gerais, os títulos analisados são:

  • Formação;
  • Especialização;
  • Pós-graduação;
  • Mestrado;
  • Doutorado;
  • Experiência profissional;
  • Cursos na área.

Em caso de empate na pontuação obtida por candidatos, será selecionado aquele de maior idade. Persistindo o empate, será realizado sorteio público.

Edital

Dúvidas sobre o chamamento público poderão ser obtidas em seu edital publicado no site da Prefeitura de Jaguaruna:

Compartilhe



Source link

Concurso Prefeitura de Mangaratiba – RJ: banca contratada; 1.781 vagas


Concurso Prefeitura de Mangaratiba ficará sob a responsabilidade Instituto de Avaliação Nacional. Ao todo, serão preenchidas 1.781 vagas efetivas. Saiba mais.

Novo concurso Prefeitura de Mangaratiba – RJ será realizado em breve! Conforme o órgão público, a banca organizadora já foi devidamente escolhida. O Instituto de Avaliação Nacional ficará responsável pela operacionalização de todas as etapas do certame. Ao todo, serão preenchidas 1.781 vagas efetivas para profissionais com diferentes níveis de escolaridade.

A expectativa é de que o edital de abertura seja liberado ao longo dos próximos meses. Em breve, a Prefeitura de Mangaratiba deverá divulgar mais informações sobre o seu novo certame pública. Enquanto isso não acontece, confira alguns detalhes já confirmados e saiba como foi o último concurso Prefeitura de Mangaratiba, que foi realizado em 2015.

Detalhes sobre o novo concurso Prefeitura de Mangaratiba

A Prefeitura de Mangaratiba confirmou que haverá oferta de 1,7 mil vagas efetivas. Ao todo, as oportunidades serão distribuídas para profissionais de níveis fundamental, médio, técnico e superior. Confira os valores que vão ser cobrados nas taxas de inscrição:

  • R$ 65,00 para nível fundamental;
  • R$ 85,00 para níveis médio e técnico;
  • R$ 105,00 para nível superior.

“Em breve, serão divulgadas mais informações sobre a publicação do edital e das áreas de abrangência do concurso”, informou a Prefeitura de Mangaratiba.

Último concurso Prefeitura de Mangaratiba foi realizado em 2015

No ano de 2015, a Prefeitura de Mangaratiba realizou o seu último concurso público. Foram ofertadas 285 vagas efetivas para as áreas de Saúde, Administração e Segurança. Sob responsabilidade da Fundação Bio-Rio, o concurso Prefeitura de Mangaratiba ofertou oportunidades para profissionais de diversos níveis, com remunerações entre R$ 734,85 e R$ 1.604,25 em jornadas de até 40 horas semanais.

Confira os cargos que foram disputados:

Cargos na área de Saúde (edital de nº 002/2015)

  • Médico – Anestesista;
  • Médico – Cirurgião;
  • Médico – Clínico Geral;
  • Médico – Dermatologista;
  • Médico – Ginecologista/ Obstetrícia;
  • Médico – Hemoterapeuta;
  • Médico – Neurologista;
  • Médico – Ortopedista;
  • Médico – Otorrinolaringologista;
  • Médico – Pediatra;
  • Médico – Radiologista;
  • Médico – Ultrassonografista;
  • Odontólogo;
  • Enfermeiro;
  • Farmacêutico;
  • Fisioterapeuta;
  • Fonoaudiólogo;
  • Agente de Saúde;
  • Técnico de Enfermagem;
  • Técnico de Raio X.

Cargos na área de Administração (edital de nº 003/2015)

  • Analista de Planejamento;
  • Arquiteto;
  • Assistente Social;
  • Auditor Fiscal Fazendário;
  • Educador Social;
  • Engenheiro Civil;
  • Engenheiro Florestal;
  • Psicólogo;
  • Agente de Fiscalização Ambiental;
  • Almoxarife;
  • Fiscal de Saúde Pública;
  • Oficial de Fazenda;
  • Técnico Administrativo;
  • Técnico em Controle Interno;
  • Técnico em Planejamento;
  • Topógrafo;
  • Auxiliar Administrativo;
  • Bombeiro Hidráulico;
  • Mecânico;
  • Motorista;
  • Operador de Máquinas;
  • Pedreiro;
  • Auxiliar de Serviços Gerais;
  • Coveiro;
  • Servente.

Cargos na área de Segurança (edital de nº 004/2015)

Etapas do último concurso Prefeitura de Mangaratiba

Dependendo do cargo pleiteado, os candidatos do último concurso Prefeitura de Mangaratiba tiveram que passar pelas seguintes fases:

  1. Provas objetivas para todos os candidatos;
  2. Avaliação Física para os cargos da área de Segurança;
  3. Avaliação Psicológica para os candidatos ao cargo de Guarda Municipal;
  4. Investigação Social, de caráter eliminatório, para os candidatos ao cargo de Guarda Municipal;
  5. Avaliação Médica Admissional para os cargos da área de Segurança;
  6. Checagem de Pré-Requisitos e Comprovação de Documentos;
  7. Curso de Formação para os candidatos ao cargo de Guarda Municipal.

Concurso Prefeitura de Mangaratiba: provas objetivas de 2015

No último concurso Prefeitura de Mangaratiba, as provas objetivas foram aplicadas nos dias 16 e 17 de janeiro de 2016, tendo duração máxima de quatro horas. As questões de múltipla escolha versaram sobre diversas disciplinas, conforme esquema abaixo:

  • Língua Portuguesa para todos;
  • Sistema Único de Saúde (SUS) para cargos da área de Saúde;
  • Raciocínio Lógico para todos, exceto área de Saúde;
  • Legislação do Município para todos;
  • História Econômica e Social de Mangaratiba para todos;
  • Conhecimentos Específicos para todos, exceto cargos de nível fundamental.

Concurso Prefeitura de Mangaratiba: último conteúdo programático

Se prepare com antecedência! Confira, abaixo, o que caiu em algumas provas objetivas do último concurso Prefeitura de Mangaratiba, realizado no ano de 2015:

Língua Portuguesa para todos os cargos

  • Compreensão e Interpretação de textos. Morfologia: classes de palavras variáveis e invariáveis: conceito, classificação e emprego;
  • Sintaxe: frase, oração, período simples e composto; termos da oração; concordância nominal e verbal; regência nominal e verbal; colocação dos pronomes átonos;
  • Semântica: sinonímia, antonímia, homonímia, paronímia; conotação e denotação; figuras de sintaxe, de pensamento e de linguagem.

Sistema Único de Saúde – SUS para área da Saúde

  1. Fundamentos e Práticas em Atenção Primária à Saúde e Medicina de Família e Comunidade – Políticas Públicas de Saúde: Bases Legais do Sistema Único de Saúde (SUS) – Lei Orgânica do Sistema Único de Saúde (Lei Federal 8.080/90, 19 de setembro de 1990;
  2. Lei Federal 8.142/90, de 28 de dezembro de 1990); Histórico; Atenção Primária a Saúde; Política Nacional de Atenção Básica (Portaria MS 2.488/11, de 21 de outubro de 2011 e seus anexos);
  3. Normas Operacionais Básicas – NOB-SUS de 1996;
  4. Pacto pela vida em defesa do SUS e de gestão – Portaria MS 399/06;
  5. Norma Operacional de Assistência à Saúde/SUS – NOASSUS 01/02; Controle Social do SUS;
  6. Lei complementar 141/12, de 13 de janeiro de 2012: Regulamenta o § 3º do artigo 198 da Constituição Federal para dispor sobre os valores mínimos a serem aplicados anualmente pela União, Estados, Distrito Federal e Municípios em ações e serviços públicos de saúde; estabelece os critérios de rateio dos recursos de transferências para a saúde e as normas de fiscalização, avaliação e controle das despesas com saúde nas 3 (três) esferas de governo; revoga dispositivos das Leis nº 8.080/90, de 19 de setembro de 1990, e 8.689/93, de 27 de julho de 1993; e dá outras providências;
  7. Decreto nº 7.508/11, de 28 de junho de 2011 Regulamenta a Lei nº 8.080/90, de 19 de setembro de 1990, para dispor sobre a organização do Sistema Único de Saúde – SUS, o planejamento da saúde, a assistência à saúde e a articulação interfederativa, e dá outras providências.

Legislação do Município para todos os cargos

  • Estatuto do Servidor e Lei Municipal Orgânica do Município de Mangaratiba.

Raciocínio Lógico para todos, exceto área de Administração e Saúde

  • Estruturas lógicas;
  • Lógica de argumentação;
  • Diagramas lógicos;
  • Álgebra;
  • Geometria plana e espacial (áreas, distâncias e volumes das principais figuras e sólidos);
  • Princípios de contagem;
  • Matemática financeira (juros e descontos simples e compostos);
  • Porcentagem, razões, proporções, regra de três simples, regra de três composta, grandezas proporcionais;
  • Probabilidade;
  • Análise Combinatória (princípio fundamental da contagem, permutações, arranjos e combinações);
  • Progressão Aritmética (PA) e Progressão Geométrica (PG).

Raciocínio Lógico apenas área de Administração

  • Avaliação da habilidade do candidato em entender a estrutura lógica de relações arbitrárias entre pessoas, lugares, coisas ou eventos fictícios;
  • Deduzir novas informações das relações fornecidas, e avaliar as condições usadas para estabelecer a estrutura daquelas relações;
  • As questões das provas poderão tratar das seguintes áreas: estruturas lógicas; lógica de argumentação; diagramas lógicos; álgebra e geometria básica: princípios de contagem; probabilidade.

Conhecimentos Específicos para Agente de Saúde

  1. Saúde pública e saneamento básico. Endemias e epidemias: noções básicas sobre dengue, esquistossomose, leishmaniose, leptospirose; prevenção primária dessas endemias; classificação dos agentes transmissores e causadores dessas endemias;
  2. Combate aos agentes transmissores dessas endemias de acordo com as estratégias e normas vigentes do Ministério da Saúde. Meio ambiente (água, solo e poluição) e doenças mais comuns na comunidade;
  3. Doenças Transmissíveis e Não Transmissíveis: Tuberculose, Hanseníase, DST/AIDS, Hipertensão Arterial, Diabetes, Neoplasias, Saúde Mental. Saúde Bucal. Alimentação e Nutrição;
  4. Visitas domiciliares e aos pontos estratégicos: fiscalização para a promoção e preservação da saúde da comunidade, papel do agente na educação ambiental e saúde da população. Saúde como dever do estado. Saúde como direito social;
  5. Participação da comunidade na gestão do SUS. As atribuições do agente comunitário de saúde. Promoção da saúde: conceito e estratégias. Pessoas portadoras de necessidades especiais: abordagem, medidas facilitadoras de inclusão social e direitos legais;
  6. Saúde da criança, do adolescente, do adulto e do idoso (transformações do corpo humano, planejamento Familiar, gestação, o Pré-natal e o ACS, riscos na gravidez, direitos da Gestante, cuidados básicos ao recém-nascido, imunização, puerpério; direitos da criança, amamentação, critérios de risco infantil, crescimento e desenvolvimento, doenças mais comuns na infância, acidentes e violência contra a criança; puberdade e adolescência, direito e saúde do idoso);
  7. Atenção básica em saúde. A estratégia saúde da família. Visita domiciliar. Constituição de equipe da Saúde da família. Controle Social. Atribuições específicas do Agente Comunitário de Saúde – ACS. Prevenção de Acidentes. Estatuto da Criança e do Adolescente e Estatuto do Idoso. Noções de ética e cidadania.

Conhecimentos Específicos para Guarda Municipal

  1. Noções de Direito Administrativo – Ato Administrativo. Conceito de Elementos. Espécies e Atributos. Administração Pública;
  2. Princípios e Organização. Servidores e Empregados Públicos: Cargo e Emprego Público; Concurso Público; Aposentadoria;
  3. Responsabilidade Civil, Criminal e Administrativa. Noções de Direito Constitucional – Princípios Fundamentais da Constituição da República – artigos 1º ao 4º da Constituição Federal de 1988;
  4. Da Organização Político – Administrativa – artigos 18° e 19° da Constituição Federal de 1988;
  5. Da União – artigos 20° a 24 da Constituição Federal de 1988; Dos Estados Federados – artigos 25° a 28° da Constituição Federal de 1988; Dos Municípios – artigos 29° a 31° da Constituição Federal de 1988;
  6. Normas Constitucionais relativas à Administração Pública e ao Servidor Público – artigos 37° a 41° da Constituição Federal de 1988;
  7. Organização dos Poderes – artigos 44° a 135° da Constituição Federal de 1988; Da Segurança Pública – artigo 144°;
  8. Noções de Direitos Humanos e Cidadania – Direitos e Garantias Fundamentais: Direitos e Deveres Individuais e Coletivos; Direitos Sociais; Nacionalidade;
  9. Direitos Políticos (artigos 5° a 16° da Constituição Federal de 1988);
  10. Princípios Constitucionais relativos ao Direito Penal. Lei Federal n° 8.069/90 – Estatuto da Criança e do Adolescente – Das Medidas de Proteção (artigos 98° a 101°);
  11. Da Prática de Ato Infracional (artigos 103° a 109°); Das Garantias Processuais (artigos 110° e 111°);
  12. Das Medidas Socioeducativas (artigos 112° a 128°); Dos Crimes e das Infrações Administrativas (artigos 225° a 258°);
  13. Código de Postura do Município de Mangaratiba, Lei Municipal do Meio Ambiente. Lei 9.503/97 – novo Código Brasileiro de Trânsito e suas Resoluções.

Conhecimentos Específicos para Assistente Social

  1. Histórico das concepções de assistência social no Brasil; conceito de assistência social enquanto política pública;
  2. Caráter público das organizações governamentais e não governamentais; movimentos sociais contemporâneos; proteção social básica e especial;
  3. Conceitos de seguridade social, seguro social, riscos sociais, mínimos sociais, rede social / trabalho em rede, padrões de qualidade e indicadores sociais;
  4. Análise dos processos de planejamento e intervenção social;
  5. Coletivismo, associativismo, cooperativismo e desenvolvimento comunitário;
  6. Dimensão política do exercício profissional; ética profissional;
  7. SUS – princípios e diretrizes. Noções sobre políticas de saúde no Brasil. Ética profissional, responsabilidade e trabalho em equipe;
  8. Educação em Saúde: conceitos básicos. Trabalho em equipe multiprofissional;
  9. Relação com os usuários e pacientes. Política Nacional de saúde mental e álcool e outras drogas.

Conhecimentos Específicos para Psicólogo

  1. Cidadania, direitos e deveres;
  2. Ética profissional;
  3. História da Psicologia;
  4. Desenvolvimento infantil e do adolescente;
  5. O homem e sua relação com o trabalho;
  6. Preocupações características da meia idade e do idoso;
  7. Trabalho com grupos; trabalho com famílias: a visão relacional sistêmica, famílias em situação de vulnerabilidade social: exclusão social; conceito de resiliência: um olhar para as competências, as famílias contemporâneas e os novos arranjos familiares, multifamiliar, aportes da terapia comunitária, violência e abuso na família e, adoção;
  8. Dependência química; motivação social; estereótipos e preconceitos; hostilidades raciais; sociedade e diferenças de gênero: papéis sexuais e comportamento; gênero e poder social; capacitação e desenvolvimento de pessoal;
  9. Gestão de conflitos; segurança e qualidade de vida; reconhecimento e assistência ao funcionário; programas de avaliação de desempenho; administração de remuneração no serviço público; incentivos, benefícios e serviços; motivação; comunicação, integração; desenvolvimento de trabalho em grupo;
  10. Desenvolvimento pessoal e organizacional; reforma psiquiátrica e organização dos serviços: rede de atenção psicossocial;
  11. Práticas terapêuticas com a família e a comunidade; trabalho em equipe de referência;
  12. Avaliação psicológica incluindo as vulnerabilidades sociais (criança de rua, violências domésticas e sexuais, medidas socioeducativas, portadores de HIV, alcoolismo e outras drogas, pacientes psiquiátricos, deficiências físicas e mentais);
  13. Psicoterapias individuais e de grupo; acompanhamento Terapêutico. ECA- Estatuto da Criança e do Adolescente;
  14. Estatuto do Idoso, Lei nº 11.340/2006 (Maria da Penha);
  15. Trabalho em rede, gênero e direitos humanos, desenvolvimento comunitário; território;
  16. Política Nacional de saúde mental e álcool.
Bruno Destéfano

Redator

Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem “Insurgência – Crônicas de Repressão”. Atualmente, trabalha como redator web no site “Concursos no Brasil” e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe



Source link

Editais publicados; até R$ 5,3 MIL


Concurso HCRP abre vagas para profissionais da área da saúde. Confira as oportunidades em disputa e todos os detalhes da seleção! Vencimento chega a R$ 5,3 mil.

Cinco novas oportunidades serão preenchidas no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – USP. Para tanto, o concurso HCRP anunciou dois editais que vão preencher vagas de nível superior para a área da saúde.

O contrato dos profissionais será regido pela Consolidação das Leis do Trabalho – CLT. Entenda a diferença entre o regime estatutário e a CLT.

Editais do concurso HCRP

As cinco vagas do concurso HCRP de Ribeirão Preto SP estão distribuídas em dois editais. Confira os detalhes de ambos os documentos:

Edital nº 01/2021

Uma vaga para Médico que irá atuar na área de Clínica Médica da Unidade de Emergência. Jornada será de 24 horas semanais.

Requisitos para concorrer à vaga:

  • Possuir diploma de graduação em Medicina;
  • Possuir residência médica ou título de especialista na área de Clínica Médica ou Infectologia; 
  • Possuir carteira do conselho de classe (CREMESP) atualizada.

A remuneração total é de R$ 5.371,65, assim composto:

  • Salário-base: R$ 2.359,80;
  • Gratificação Executiva: R$ 931,50;
  • Prêmio Produtividade Médica: R$ 2.080,35.

Edital nº 02/2021

Quatro vagas para Médico que irá atuar na área de Anestesiologia.

Requisitos para concorrer à vaga:

  • Possuir diploma de graduação em Medicina;
  • Possuir residência médica ou título de especialista na área de Anestesiologia; 
  • Possuir carteira do conselho de classe (CREMESP) atualizada.

A jornada de trabalho será de 20 horas semanais e a remuneração total é de R$4.476,38, assim composto:

  • Salário-base: R$ 1.966,50;
  • Gratificação Executiva: R$ 776,25;
  • Prêmio Produtividade Médica: R$ 1.733,63.

Demais benefícios

Além do vencimento informado, outros benefícios poderão ser concedidos:

  • Adicional de insalubridade com valor de 20% a 40% do salário mínimo, conforme o local de lotação;
  • Auxílio-alimentação no valor de R$ 360,00 mensais;
  • Vale-transporte.

Inscrições no concurso HCRP de Ribeirão Preto SP

As inscrições serão realizadas no próprio site do HCRP durante o período previsto, que vai de 19 de abril a 03 de maio de 2021.

*Fique atento, pois o prazo final se encerra às 14h do último dia de inscrição.

O valor da taxa de inscrição é de R$ 96,00. Haverá isenção ao candidato doador de sangue ou redução de 50% do valor aos estudantes regularmente matriculados, desde que recebam valor inferior a dois salários mínimos por mês ou estejam desempregados.

Em caso de dúvidas, é necessário entrar em contato com o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – USP. Até porque a HCRP está responsável pela organização do certame. O telefone para contato é (16) 3602-1000.

Forma de avaliação dos candidatos

O concurso HCRP de Ribeirão Preto SP será composto pelas seguintes fases:

  • Prova escrita para todos os candidatos; e
  • Prova de títulos com valor de até 20,0 pontos. As fotocópias devem ser entregues na data, horário e local da prova escrita. Para mais detalhes sobre os critérios de pontuação, leia o edital que corresponde ao cargo pleiteado.

Provas escritas (objetiva e discursiva)

Aplicadas no mesmo dia, as avaliações escritas (objetiva e discursiva) possuem caráter eliminatório/classificatório e valerão 100 pontos. O candidato deverá obter a nota mínima de 50 pontos para ser aprovado. As provas devem ser provavelmente realizadas no dia 12 de maio de 2021.

Onde? No Anfiteatro do CEAPS, que fica no 2º andar do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto da FMRP USP. Endereço: Campus Universitário, s/n, Monte Alegre.

Confira o que vai cair nas provas escritas, dependendo do edital de abertura:

  • Edital de nº 01/2021 (Médico na área de Clínica Médica): 10 questões objetivas sobre Noções de Administração Pública e Informática, valendo 2 pontos cada. Além disso, haverá a aplicação de 10 questões com respostas abertas sobre casos clínicos com ênfase em raciocínio clínico, embasamento das hipóteses diagnósticas, condutas diagnósticas e terapêuticas pertinentes. Valor de 8,0 para cada questão discursiva;
  • Edital de nº 02/2021 (Médico na área de Anestesiologia): 25 questões objetivas (2,0 pontos cada), sendo 15 de Conhecimentos Específicos e 10 sobre Noções de Administração Pública e Informática. Na etapa discursiva, haverá a aplicação de 10 questões com respostas abertas sobre casos clínicos com ênfase em raciocínio clínico, embasamento das hipóteses diagnósticas, condutas diagnósticas e terapêuticas pertinentes. Valor de 5,0 para cada questão discursiva.

Validade e editais do concurso HCRP

O concurso HCRP terá dois anos de validade, contando a partir de sua homologação, podendo ser prorrogado por igual período, apenas uma vez.

Antes de se inscrever, leia com atenção todos os detalhes divulgados nos editais do concurso HCRP, que estão publicados em seu site.

Concursos anteriores

  • Edital nº 47/2020: Médico Ginecologista – Reprodução Humana;
  • Edital nº 48/2020: Médico Neuro-oftalmologista;
  • Edital nº 49/2020: Médico Gastroenterologista Clínico para atuar nos serviços de cirurgia e endoscopia do sistema digestivo, parede abdominal e baço;
  • Edital nº 50/2020: Médico Oftalmologista para o setor de glaucoma;
  • Edital nº 51/2020: Médico Clínico Hospitalista;
  • Edital nº 52/2020: Médico Infectologista;
  • Edital nº 53/2020: Médico Oncologista;
  • Edital nº 54/2020: Médico Pneumologista Pediátrico;
  • Edital nº 55/2020: Agente Técnico de Assistência à Saúde (Biologista).
Bruno Destéfano

Redator

Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem “Insurgência – Crônicas de Repressão”. Atualmente, trabalha como redator web no site “Concursos no Brasil” e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe



Source link

Bolsa Família pode contestar benefício negado


Para os beneficiários do Bolsa Família, a contestação do auxílio emergencial negado pode ser feita até o dia 1º de maio. Entenda como funciona o procedimento.

Como Bolsa Família pode contestar auxílio emergencial negado: logo do Bolsa Família em fundo amarelado. Abaixo, é possível ler o texto: "auxílio emergencial"

Os pedidos de revisão somente serão aceitos em situações específicas. Entenda. – Foto: Divulgação / Montagem Concursos no Brasil

A Dataprev já analisou os cadastros antigos do auxílio emergencial, no sentido de verificar quem tem direito às novas parcelas do programa. Para os beneficiários do Bolsa Família, a consulta do resultado foi liberada no dia 14 de abril de 2021. Quem teve o benefício negado de maneira injusta, por sua vez, poderá contestar a decisão por meio da própria página da Dataprev.

Entretanto, somente serão aceitos os pedidos “passíveis de contestação”. O que isso quer dizer? As solicitações serão permitidas quando a Dataprev, por meio de seu sistema, conseguir alterar dados que haviam sido registrados de maneira incorreta. Conforme a Caixa Econômica Federal (CEF), o período de contestações para os beneficiários do Bolsa Família deve terminar no dia 1º de maio.

Bolsa Família: como contestar auxílio emergencial negado? Confira

A contestação do auxílio emergencial negado pode ser feita diretamente pela página de consultas da Dataprev. Por outro lado, os pedidos de revisão somente serão aceitos em situações específicas, como dados que podem ser atualizados para cumprir os requisitos previstos na medida provisória de nº 1.039. Vale lembrar que, neste ano, o auxílio emergencial será limitado para apenas uma pessoa de cada família.

Se o responsável pela unidade familiar se tornou apto a receber os pagamentos, os demais membros e dependentes vão ficar de fora da lista de beneficiários. O botão de “solicitar contestação”, pela página da Dataprev, ficará disponível quando o motivo da negativa for passível de reanálise (veja o que fazer em cada caso). A Dataprev, além do mais, irá perguntar se o beneficiário realmente quer reivindicar as parcelas.

Ao clicar no link para confirmar, o pedido será encaminhado para uma nova análise da estatal. Lembrando que, após o recebimento da primeira parcela do auxílio emergencial, os cadastros serão reavaliados mensalmente. Se os próximos pagamentos forem cancelados após as reavaliações da Dataprev, os prejudicados também poderão contestar a análise para continuar recebendo as parcelas de 2021.

Motivos que impedem o recebimento do auxílio emergencial

Na nova rodada de pagamentos, as regras foram definidas por meio da medida provisória de nº 1.039. O principal dos critérios diz respeito à renda dos cidadãos: é necessário receber ganhos per capita de até meio salário mínimo e total (da família) de até três salários mínimos. Confira, abaixo, outros motivos que impedem o recebimento do auxílio emergencial em 2021:

  • Tenha vínculo de emprego formal ativo;
  • Esteja recebendo benefícios previdenciário, assistencial, trabalhista ou de programa de transferência de renda federal (menos abono salarial e Bolsa Família);
  • Esteja com o auxílio emergencial de 2020 cancelado no momento da avaliação para as novas parcelas;
  • Não tenha movimentado os valores relativos ao auxílio emergencial de 2020;
  • Seja residente no exterior;
  • No ano de 2019, tenha recebido rendimentos tributáveis superiores ao valor total de R$ 28.559,70;
  • Tinha, em 31 de dezembro de 2019, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive a terra nua, de valor total superior a R$ 300.000,00;
  • No ano de 2019, tenha recebido rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40.000,00;
  • Tenha sido declarado, no ano de 2019, como dependente na condição de: cônjuge; companheiro com o qual o contribuinte tenha filho ou com o qual conviva há mais de cinco anos; filho/enteado com menos de 21 anos; ou filho/enteado com menos de 24 anos que esteja matriculado em instituição de nível médio técnico ou superior;
  • Esteja preso em regime fechado;
  • Tenha seu CPF vinculado, como instituidor, à concessão de auxílio-reclusão;
  • Tenha menos de 18 anos de idade (menos no caso de mães adolescentes);
  • Possua indicativo de óbito nas bases de dados do governo;
  • Tenha seu CPF vinculado, como instituidor, à concessão de pensão por morte de qualquer natureza;
  • Seja estagiário, residente médico ou residente multiprofissional;
  • Seja beneficiário de bolsa de estudo da Capes, do CNPq ou similares.
Bruno Destéfano

Redator

Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem “Insurgência – Crônicas de Repressão”. Atualmente, trabalha como redator web no site “Concursos no Brasil” e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe





Source link

Caixa ANTECIPA saques da primeira parcela; VEJA


A Caixa decidiu antecipar o calendário de saques para os beneficiários do auxílio emergencial que não fazem parte do Bolsa Família. Veja as datas atualizadas.

Saques da primeira parcela do auxílio emergencial: logo do auxílio emergencial em fundo azulado

Com o adiantamento, os saques da primeira parcela serão liberados entre os dias 30 de abril e 17 de maio. – Foto: Reprodução/Governo Federal

Para quem não faz parte do Bolsa Família, o calendário do auxílio emergencial foi organizado em duas fases diferentes: depósitos em conta e, depois, liberação de saques. A Caixa, por outro lado, decidiu antecipar o período em que os beneficiários poderão sacar a primeira parcela. Com a mudança, será possível resgatar o valor entre os dias 30 de abril e 17 de maio de 2021. Os saques vão ser escalonados com base no mês de aniversário dos beneficiários.

O período para sacar as demais parcelas segue inalterado. “No site da Caixa, nós teremos todo o calendário. Mas [a mudança] chega a antecipar em duas semanas e, já neste mês agora, no dia 30 de abril, a gente já começa a realizar também os pagamentos, ou seja, permitir o saque nas lotéricas e nos ATMs [caixas eletrônicos], que era só em maio”, informou o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, durante transmissão ao vivo.

Além do mais, a instituição bancária antecipou os depósitos da primeira parcela para quem não faz parte do Bolsa Família e nasceu entre os meses de novembro e dezembro. Ambos os grupos vão receber o pagamento nos dias 28 e 29 de abril, respectivamente. Antes da mudança, eles receberiam a primeira parcela do auxílio emergencial nos dias 29 e 30 de abril. Abaixo, você confere o calendário atualizado.

Caixa antecipa saques da primeira parcela; veja calendário atualizado

Com o adiantamento feito pela Caixa, os saques da primeira parcela serão liberados entre os dias 30 de abril e 17 de maio, dependendo do mês de aniversário dos beneficiários. Vale lembrar que essa mudança diz respeito apenas aos elegíveis que não fazem parte do programa Bolsa Família. Ou seja, os integrantes do CadÚnico e aqueles se cadastraram no auxílio emergencial de 2020.

Confira, abaixo, o calendário atualizado de depósitos e saques da primeira parcela para quem não faz parte do Bolsa Família:

1ª parcela para integrantes do CadÚnico e já inscritos no auxílio emergencial (por site ou app):

Mês de aniversário Data de depósito Data para saque
Janeiro 06/04 30/04
Fevereiro 09/04 03/05
Março 11/04 04/05
Abril 13/04 05/05
Maio 15/04 06/05
Junho 18/04 07/05
Julho 20/04 10/05
Agosto 22/04 11/05
Setembro 25/04 12/05
Outubro 27/04 13/05
Novembro 28/04 14/05
Dezembro 29/04 17/05

1ª parcela para novos aprovados:

Mês de aniversário Data de depósito Data para saque
Janeiro 15/04 30/04
Fevereiro 15/04 03/05
Março 15/04 04/05
Abril 15/04 05/05
Maio 15/04 06/05
Junho 18/04 07/05
Julho 20/04 10/05
Agosto 22/04 11/05
Setembro 25/04 12/05
Outubro 27/04 13/05
Novembro 28/04 14/05
Dezembro 29/04 17/05

Sobre o auxílio emergencial de 2021

Sem prazo para novas inscrições, a Dataprev apenas avaliou os cadastros de quem recebeu o auxílio emergencial no ano passado. A estatal, dessa maneira, ficou responsável por analisar quem ainda tem direito de receber as parcelas do programa, tendo em vista as novas regras divulgadas por meio da medida provisória de nº 1.039.

De maneira automática, o governo deverá liberar quatro parcelas para: integrantes do CadÚnico; beneficiários do Bolsa Família; e inscritos no auxílio emergencial de 2020. Cerca de 45,6 milhões de unidades familiares vão ser atendidas com a nova rodada de pagamentos e, dessa vez, o benefício será limitado para apenas uma pessoa de cada família. Confira, abaixo, quem não vai receber o auxílio emergencial:

  • Tenha vínculo de emprego formal ativo;
  • Esteja recebendo benefícios do governo (menos abono salarial e Bolsa Família);
  • Tenha renda familiar mensal per capita maior do que meio salário mínimo;
  • Seja membro de família que tenha renda mensal total maior do que três salários mínimos;
  • More fora do país;
  • No ano de 2019, tenha recebido rendimentos tributáveis superiores ao valor total de R$ 28.559,70;
  • Tinha, em 31 de dezembro de 2019, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive a terra nua, de valor total superior a R$ 300.000,00;
  • No ano de 2019, tenha recebido rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40.000,00;
  • Tenha sido declarado, no ano de 2019, como dependente na condição de: cônjuge; companheiro com o qual o contribuinte tenha filho ou com o qual conviva há mais de cinco anos; filho/enteado com menos de 21 anos; ou filho/enteado com menos de 24 anos que esteja matriculado em instituição de nível médio técnico ou superior;
  • Esteja preso em regime fechado;
  • Tenha seu CPF vinculado, como instituidor, à concessão de auxílio-reclusão;
  • Tenha menos de 18 anos de idade (menos mães adolescentes);
  • Possua indicativo de óbito nas bases de dados do governo;
  • Tenha seu CPF vinculado, como instituidor, à concessão de pensão por morte de qualquer natureza;
  • Esteja com o auxílio emergencial de 2020 cancelado no momento da avaliação para as novas parcelas;
  • Não tenha movimentado os valores relativos ao auxílio emergencial de 2020; e
  • Seja estagiário, residente médico ou residente multiprofissional;
  • Seja beneficiário de bolsa de estudo da Capes, do CNPq ou similares.
Bruno Destéfano

Redator

Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem “Insurgência – Crônicas de Repressão”. Atualmente, trabalha como redator web no site “Concursos no Brasil” e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe





Source link